Favoritos de 2014 (em construção)

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Todas as Constelações do Amor, de Lydia Netzer

Autora: Lydia Netzer
Título original: Shine, Shine, Shine
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2017
Páginas: 280
*Exemplar recebido em parceria com a editora
Sinopse: Um retrato emocionante da família moderna e uma deslumbrante história de amor. Sunny Mann idealizou uma vida em uma pacata cidade na Virgínia. Mas, quando um pequeno acidente de trânsito faz a peruca loira de Sunny sair voando pela janela, seu maior segredo é exposto. Ela não apenas é careca, como também está longe do estereótipo de esposa que tenta ser. À medida que sua fachada é desfeita, descobrimos o verdadeiro mundo dela, uma mulher em busca da vida perfeita e de seu marido. À beira da separação, Maxon, que é astronauta, parte para a lua, encarregado de programar robôs que irão construir a incipiente colônia, mas, assim como o acidente de trânsito deu à Sunny uma nova perspectiva acerca do que realmente importa, um desastre envolvendo o foguete dele ameaça tudo o que ambos construíram, revelando segredos há muito tempo escondidos.
Neste livro vamos conhecer a história de Sunny Mann; ela é casada com Maxon, um astronauta que foi mandado para a Lua com a missão de coloniza-la com robôs que ele mesmo criou, tem um filho pequeno austista a quem todos chamam de Bubber, e está grávida de uma menina. 

Sunny é a esposa perfeita, a mãe perfeita, a vizinha perfeita... Mas por trás dessa perfeição toda, ela guarda um enorme segredo: Sunny nasceu totalmente sem pelos no corpo, e ninguém sabe disso, exceto sua família. 

Em Todas as Constelações do Amor da autora Lydia Netzer, publicação recente da editora Bertrand Brasil, nós vamos acompanhar a trajetória dessa família tentando sobreviver da melhor maneira possível com todas suas diferenças.

Sobre Minha Experiência de Leitura: Esse livro é totalmente fora da casinha, tem uma premissa extremamente interessante e promissora, mas sua execução infelizmente deixou muito à desejar para mim.  A leitura é rápida e os personagens e ambientações bem construídos, mas em momento algum durante toda ela eu me senti instigada a continuar; a história é tão confusa e a narrativa em terceira pessoa tão robotizada que mal consegui me envolver com os personagens e seus dilemas.
Esta é a história de uma protuberância, um broto, da maneira como a raça humana tentou se subdividir, do broto que lançou ao universo, do que aconteceu a ele e do que aconteceu com a Terra também — a mãe Terra — depois que esse broto se rompeu.”
Os personagens que tinham tudo pra me ganhar, se mostraram totalmente sem graça no decorrer da leitura; outra coisa que me incomodou muito foi o fato de a autora ter posto muita coisa de física nuclear e química no meio de um enredo tão simples.


Os mistérios que cercam a história também não foram bem desenvolvidos em minha opinião, não me instigou; e quando finalmente terminei a leitura, meu único pensamento foi: "foi isso?"; essa foi uma mesmo uma história muito morna. Passei toda à leitura com muitas dúvidas na cabeça, e muitas delas, infelizmente, não foram respondidas. Mas enfim, foi só questão de expectativas altas mesmo, e lembro aqui que essa é a minha opinião, e sabemos que um livro que não funciona para mim pode ser o favorito de outra pessoa, e vice versa.

A edição está muito bonita, com uma capa maravilhosa, fonte de bom tamanho e ótima diagramação. Não encontrei erros de revisão :)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!