Favoritos de 2014 (em construção)

terça-feira, 20 de junho de 2017

As Primeiras Quinze Vidas de Harry August, de Claire North

Autora: Claire North
Titulo Original: The First Fifteen Lives of Harry August
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2017
Páginas: 448
Skoob
*Exemplar cedido em parceria com a editora
Sinopse: Certas histórias não podem ser contadas em uma única vida. Harry está no leito de morte. Outra vez. Não importa o que faça ou que decisões tome: toda vez que ele morre, volta para onde começou; uma criança com a memória de todo o conhecimento de uma vida vivida diversas vezes. Nada nunca muda... até agora. Ele está perto da décima primeira morte quando uma garotinha de 7 anos se aproxima da cama: “Quase perdi você, doutor August. Eu preciso enviar uma mensagem de volta no tempo. O mundo está acabando, como sempre. Mas o fim está chegando cada vez mais rápido. Então, agora é com você.” Este livro conta a história do que Harry faz em seguida, do que fez antes, e do que faz para tentar salvar um passado inalterável e mudar um futuro inaceitável.
Neste livro vamos conhecer Harry August, fruto de um estupro sofrido por sua mãe que era empregada na casa de uma das famílias mais ricas e importantes de sua região, que acaba morrendo em decorrência do parto realizado no banheiro de uma estação de trem.

Como é filho ilegítimo, já que seu pai já era casado na época, sua família paterna oferece uma pensão para que o casal que ajudou em seu parto o crie para que a sociedade não saiba de seu verdadeiro parentesco; e assim ele vive por muitos anos até que depois de um surto ele é internado em uma clínica psiquiátrica e logo depois acaba se matando.

Para sua surpresa, ele renasce exatamente no mesmo lugar da primeira vez e isso se repete inúmeras vezes, com o acréscimo de que ele renasce com todas as lembranças de suas vidas anteriores, até que no leito de sua 11° morte ele recebe a visita de uma garota o alertando de que o mundo está acabando e que isso está acontecendo cada vez mais rápido, e o avisa que sua missão ao renascer é acabar com quem ou o que está por trás disso.
"Meu nome é Harry August. Meu pai se chama Rory Edmond Hulne, minha mãe morreu no parto. Esta é a minha quarta vida. Eu vivi e morri muitas vezes até agora, mas minha vida é sempre a mesma."
E é a partir daí que vamos acompanhar esse personagem tão peculiar em sua aventura ao longo de todas as suas vidas, não só para cumprir sua missão mas principalmente para saber quem ele realmente é.

As Primeiras Quinze Vidas De Harry August é uma ficção científica extremamente instigante sobre vida, morte e a procura por quem somos e de onde viemos.


Sobre Minha Experiência de Leitura: Esse é aquele tipo de livro que de tão loucos acabam sendo maravilhosos, sabe?

Confesso que por ser uma história mais pesada e complexa, a leitura não foi tão fluida quanto eu pensei por seus capítulos curtos, tudo aqui é ricamente detalhado e bem construído, desde personagens, ambientações, a parte histórica, o que ajudou para que eu não engatasse rapidamente; mas não tem como não querer saber o que vai acontecer na próxima página.
"Dizem que há certas pessoas vivendo entre nós que não morrem. Dizem que elas nascem, vivem, morrem e voltam a viver a mesma vida, mil vezes. E, sendo infinitamente velhas e sábias, elas se reúnem às vezes, ninguém sabe onde, e fazem... Bem, o que eles fazem varia de acordo com o texto. Alguns dizem que eles se vestem com túnicas brancas e se encontram para reuniões conspiratórias, outros dizem que fazem orgias para criar a geração seguinte de pessoas desse tipo."
Como citado a cima, o livro é rico em detalhes históricos e geográficos, desde a Segunda Guerra Mundial à queda das Torres Gêmeas nos Estados Unidos em 2001; temos aqui muita coisa de química e física quântica também, o que apesar de atrasar a leitura, torna ela muito mais interessante.


Os personagens também são muito bem desenvolvidos e verossímeis; o Harry não me trouxe muita empatia, infelizmente, achei ele muito sem graça, para falar a verdade. O vilão é típico de filme de super heróis, o cientista maluco que quer conquistar o mundo, mas que só causa ódio no expectador/leitor.

As passagens que mais me interessaram foram as do protagonista indo atrás de suas origens pra descobrir o por que de ele ter nascido com aquele "dom", e a explicação que a autora deu explodiu muito com a minha cabeça, achei incrível, nunca li nada assim.
“Não existe sentimento de perda, se você não consegue se lembrar do que perdeu. Pessoalmente eu sinto uma grande sensação de alívio. Você apaga as cicatrizes da sua vida anterior, assim como suas memórias. Apaga a culpa. Não digo que vivi uma vida pela qual devo me sentir culpada, claro; é só que, quando pergunto a respeito do assunto aos meus colegas, o silêncio deles não me parece um bom prenúncio das coisas que não consigo lembrar."


A escrita da Claire North, um dos pseudônimos da autora britânica Catherine Webb, é direta, crua e poética, e a grandiosidade de informações que nos são passadas por meio dos personagens, desde diferentes religiões, profissões e culturas são muito enriquecedoras.

Por se tratar de um livro sobre busca de origens, ele tem uma carga psicológica muito grande, e isso também é mostrado em cenas de tortura ao longo de toda a narrativa, por isso eu não indico essa leitura para aquelas pessoas de "estômago fraco", pois é tudo muito detalhado.

Mas para os leitores mais "fortes" eu o indico muito, pois apesar da lentidão, garanto que vai valer muito a pena.

30 comentários :

  1. Ola
    Nossa, fiquei pensando o que havia a mais quando você comentou que ele havia se matado, mas ai fiquei muito surpresa ao saber que o personagem retorna inúmeras vezes. Que incrível essa premissa! Não sei como não tinha lido nada a respeito antes e imagino mesmo que seja rico em detalhes históricos. Gostaria muito de conferir essa leitura também. Obrigada pela dica!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Essa história é mesmo muito incrível! Fico feliz que tenha gostado da dica é espero que goste da leitura também. Beijos

      Excluir
  2. Oi!
    Já tinha lido outras resenhas desse livro e todas parecem unânimes quanto a qualidade da narrativa, eu estou bem dividida e admito que ainda não decidi se gostaria ou não de ler esse livro, é fato que a premissa é interessante e singular, eu pelo menos nunca li nenhum enredo semelhante, pelo menos não com uma pessoa morrendo e voltando a vida varias e várias vezes, estou bem curiosa, mas não senti aquele anseio de conhecer a história sabe? Por isso estou deixando o tempo passar para ver se vou ou não mudar de ideia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Delmara!

      Eu te entendo perfeitamente, mas espero que mude de ideia pois essa é uma leitura bastante instigante e surpreendente! Beijos

      Excluir
  3. Acho que vou me considerar uma leitora forte e aceitar a indicação, porque pelo que você descreveu an resenha, é o tipo de livro que amarei.
    Valeu pela dica.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivi!

      Boa sorte com a leitura, espero que goste! Beijos

      Excluir
  4. Olá, tudo bom?

    Já conhecia o livro por fotos, mas não sabia muito sobre ele e nossa achei a premissa muito interessante. Fiquei muito curiosa para saber como ele irá salvar o mundo. Mesmo você deixando a crer que a leitura é bem densa eu quero arriscar a leitura, adoro livros que tem bastante detalhes, faz o leitor imaginar bem a cena descrita.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, estou bem e você?

      A leitura é sim bastante densa, mas ao mesmo tempo é muito instigante! Espero que goste. Beijos

      Excluir
  5. Oi. :)
    Sua resenha ficou ótima, parabéns!
    Não é o meu gênero de leitura, apesar do enredo ser bem interessante.
    Adoro resenhas com fotos e principalmente quotes. Na minha opinião resenha sem quotes perde toda a graça, não me faz ter vontade de ler.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lauri!

      Que pena que essa leitura não faz o teu tipo; mas fico feliz que tenha gostado da resenha! Beijos

      Excluir
  6. Adquiri esse livro há poucos dias. Vi uma resenha dele por aí e curti. Ainda não comecei a lê-lo, mas já está na fila das leituras. Adoro livros com carga psicológica "pesada" [a loka rsrs].O que me atraiu nesse livro foi justamente isso, me parece tenso e profundo. Bela resenha. Bexitus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tay!

      Se gosta desse tipo de leitura, garanto que vai adorar essa! Fico feliz que tenha gostado da resenha! Beijos

      Excluir
  7. Olá
    Nunca ouvi falar desse livro, e julgar pela capa não me agradou muito, mas julgar um livro pela capa é algo que nós leitores não podemos fazer. Lendo um pouco mais sobre o livro fiquei um tanto interessada é uma premissa bem instigante. A leitura de livros desse gênero é um pouco mais lenta para mim , pois gosto de apreciar os detalhes por não ler o gênero com tanta frequência. Dica mais que anotada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Julgar um livro pela capa é mesmo muito perigoso rs
      Sim, essa é uma leitura que exige um pouco mais de atenção do leitor, mas todo o tempo "perdido" nela, no final se mostra valioso, tamanho é o conhecimento adquirido nela. Espero que goste! Beijos

      Excluir
  8. Olá Maria Eduarda,
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro e fiquei contente por ter lido a sua e por ter aberto meus olhos para a possibilidade de ler esse livro. O que mais me agrada nessa trama é que os personagens sejam verossímeis, é impossível não curtir um livro com personagens assim.
    Dica mais do que anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna!

      Fico feliz que tenha gostado da resenha e espero que goste da leitura quando à fizer! Beijos

      Excluir
  9. OOi!
    Confesso que não é uma obra que leria no momento, mas ainda assim, é uma que já vai entrar para a lista. A premissa é bem interessante, e despertou muito minha curiosidade. "Certas histórias não podem ser contadas em apenas uma vida." QUE FRASEEE!
    To impressionada com essa edição, que por acaso está maravilhosa. Parabéns pelas fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catrine!

      Que bom que tem interesse na leitura, quando a fizer vai ver o quanto vale-rá a pena, é uma obra maravilhosa! A Edição está realmente muito caprichada. Beijos

      Excluir
  10. Olá!!
    Conheci esse livro na época do lançamento mas ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele,lembro que logo após o lançamento fiquei bem interessada e intrigada com essa estória e principalmente com o título que me chamou muito atenção,e apesar da leitura ser um pouco arrastada e eu odeio qnd isso acontece ainda estou bem interessada na leitura.

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/06/resenha-obsidiana-saga-lux-1-jlynn.html#comment-form

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anne!

      Fico feliz que tenha interesse nessa leitura e espero que goste dessa obra tanto quanto eu! Beijos

      Excluir
  11. Oi!
    Eu estava super interessada em ler esse livro, mas confesso que fiquei um pouco decepcionada em saber que o protagonista é bem mosca morta e não ganha a empatia do leitor, e esse vilão louco de filmes de super herois é complicado porque a gente fica sempre esperando um vilão e final bombástico né.
    Mas em fim, o livro parece ser muito interessante mesmo assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sabrina!

      O protagonista é meio paradão sim, e o vilão é horrível; mas a história vale super a pena! Espero que goste da leitura caso decida dar uma chance para ela. Beijos

      Excluir
  12. Olá!
    Todos os livros loucos são maravilhosos hahaah Fiquei bem interessada na obra, principalmente por trazer todas essas diferentes informações, que me chamam muito a atenção. Que pena que a protagonista não ajuda, e posso ter um pequeno problema por causa disso, mas com certeza tentarei realizar a leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina!

      Posso garantir que o protagonista não influência em nada no resultado final da leitura, a obra caminha por si só, é maravilhosa, o protagonista é só um detalhe haha
      Espero que goste da leitura quando à fizer! Beijos

      Excluir
  13. Oi, tudo bem?
    Quando eu vi esse livro pela primeira vez fiquei animada, mas por ele ser gordinho acabei ficando com preguiça, acredita? kkkk No entanto, eu acho a premissa bem interessante, essa coisa de renascer e fiquei animada para saber mais sobre a missão do protagonista e como ele se sairá. Enfim, embora seja um livro meio lento, creio que eu irei gostar da leitura, então vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, estou bem e você?

      O livro é grande e lento sim, mas garanto que a leitura vale muito a pena! Beijos

      Excluir
  14. Tem um tempinho que estou querendo ler esse livro.
    Mas infelizmente ele não é minha prioridade agora.
    Acho a capa dele lindinha, suas fotos ficaram lindas como sempre e sua resenha super bem escrita, mas no momento eu vou precisar priorizar outras leituras.
    Adorei saber que a autora utilizou uma escrita poética. Adoro histórias gostosas assim.
    Um beijo! Sucesso sempre!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliziane!

      Fico feliz que tenha gostado da resenha. Essa capa é mesmo muito bonita! Espero que goste da leitura quando à fizer. Beijos

      Excluir
  15. Oiiii
    Já vi algumas resenhas desse livro e acho que é unanime, todos não gostam muito do protagonista. Esse é justamente o problema pra mim sobre o livro, não consigo gostar de uma estória 100% e nem me envolver quando o personagem não me cativa, fico travada, e por tudo que já li dele, creio que me sentirei assim também. Apesar disso, compraria o livro só pela capa, é simplesmente maravilhosa <3

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Sério que ninguém gostou do protagonista? Não sabia! Mas que bom que não fui a única rs
      A capa é realmente muito bonita, espero que mude de ideia, dê uma chance para a leitura e que sua experiência com ela seja positiva. Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar!