Favoritos de 2014 (em construção)

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

O Ar que Ele Respira, de Brittainy C. Cherry

O ar que ele respiraAutora: Brittainy C. Cherry
Título original: The Air He Breathes
Editora: Record
Ano: 2016
Páginas: 308
Sinopse: Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

Elizabeth perdeu o marido num terrível acidente de carro, abalada com a perda ela e a filha vão passar um tempo na casa de sua mãe, Hanna. Hanna, ainda não superou a perda de seu marido, o pai de Elizabeth, que morreu anos atrás. Para aliviar a dor Hanna sai com vários homens, o que deixa Elizabeth tão incomodada que resolve voltar à Meadows Creek. A pequena cidade que por tantos anos foi seu lar, onde em cada esquina uma dolorosa lembrança não permite que ela esqueça que nunca mais verá Steven.

Assim que chega a Meadows Creek, Elizabeth de uma forma nada agradável conhece o novo e misterioso morador da cidade, um cara grosseiro, agressivo e solitário. Acontece que esse cara é Tristan Cole, seu vizinho.
“Quando papai morreu, naquele dia abafado de agosto, uma parte de minha mãe também se foi. Lembro-me de ter lido um romance em que o autor dizia algo do tipo: “Nenhuma alma gêmea deixa esse mundo sozinha. Ela sempre leva consigo um pedaço de sua outra metade.” Odiei aquilo, pois sabia que era verdade."
Tristan perdeu a esposa e o filho de apenas cinco anos num acidente de carro. Devastado com a perda ele resolveu se isolar do mundo na pequena Medows Creek. Arrumou um emprego numa lojinha de matérias exotéricos, deixou a barba crescer e garantiu que as pessoas não se aproximariam.

Cansada da bagunça de seu jardim, Elizabeth resolve cortar a grama, mas seu cortador está velho e barulhento e ela não consegue manejá-lo. Incomodado com a zoada Tristan toma o cortador de Elizabeth e corta a grama para ela. Para agradecer Elizabeth se desdobra em gentilezas, mas Tristan continua relutando em aceitar a aproximação. O que ele não pode negar é que também está atraído pela vizinha.

“Nós dois estávamos em mundos separados, feitos de nossas pequenas recordações, e, ainda assim, conseguíamos sentir a dor um do outro. A solidão reconhecia a solidão. E hoje, pela primeira vez, consegui enxergar o homem por trás da barba."

O Ar que Ele Respira é um romance comovente e arrebatador, somos apresentados a dois personagens totalmente dilacerados pela dor da perda. De um lado Elizabeth tenta se reerguer e do outro Tristan se isola e não quer abandonar sua dor. Ambos irão encontrar nos braços um do outro o caminho de volta para a luz.

“Nós dois juntos era uma ideia terrível. Éramos instáveis, estávamos destruídos, não havia como negar. Ele era o trovão, e eu, a nuvem escura. Estávamos a segundos de criar a tempestade perfeita. “
Conheci esse livro maravilhoso e tudo de bom, no Mochilão da Record aqui em Recife, e quis muito lê-lo desde então. Adorei a escrita da Brittainy C. Cherry, e amei a forma como ela dividiu o livro, alternando os capítulos com os pontos de vista dos dois personagens. Esse livro é todo lindo incluindo essa capa belíssima não acham? 

Vamos falar sobre os personagens: Gente! O Tristan tem o corpo todo tatuado com os clássicos da literatura infantil.
“Fiquei observando os desenhos em seu corpo, incapaz de desviar o olhar. Eram muitos, nem consegui conta-los, mas tentei distinguir cada um deles. Conheço essas tatuagens. Eram clássicos infantis: Aslam, de As crônicas de Nárnia; o monstro, de Onde vivem os monstros; O vagão de trem, de The boxcar children. No peito, a frase “We’re all mad here”, de Alice no país das maravilhas. Não existia nada mais impressionante do que um homem que não apenas conhecia as histórias mais clássicas da literatura, mas também havia transformado o próprio corpo numa biblioteca particular. “
Como não amar? ♥♥♥

26 comentários :

  1. Eu estou louca para ler esse livro, só vejo ótimos comentários. Já li muitas resenhas mas a sua é a primeira que me trouxe a informação das tatuagens dele com os clássicos infantis, se eu já gostava, agora eu gosto muito mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz com isso Beatriz!
      As tatuagens me deixaram ainda mais apaixonada pelo Tristan.
      Beijinhos.

      Excluir
  2. Menina eu estou tão animada para realizar a leitura dessa obra que você nem imagina, estou acompanhando bastante comentários positivos a respeito da obra e além do mais parece ser fascinante e não sabia das tatuagens...me encantei ainda mais.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Morgana!
      Depois da leitura volta aqui e nos conta o que achou tá!
      Beijos.

      Excluir
  3. Oi!
    Já li algumas resenhas desse livro antes. Ele até está na lista de leitura, mas só por estar mesmo. Não tenho muito interesse em ler (sorry =D). Achei bem bacana essa coisa da tatuagem! Não sabia disso haha'
    Ótima resenha. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitor,
      Obrigada e volte sempre! Hahahaha
      Abraços.

      Excluir
  4. Li e resenhei esse livro recentemente, a d o r e i! Super recomendo também, queria um Tristan pra mim, rsrsrs. Gostei bastante da escrita da autora e do enredo do livro, a única coisa que me incomodou foi as atitudes um tanto forçada da amiga lá a Faye, gente do céu, que babacona, rsrsrs, não gostei da construção dessa personagem, acho que a autora queria criar uma personagem tipo "fodona", mas acabou fazendo dela uma babaca... O pior foi quando ela resolve se vingar lá do ex, gente, quem faz uma coisa daquela? rs. Mas enfim, gostei muito do livro e não sentia vontade de largar, e vez ou outra me pego pensando sobre. Beijo e adorei sua resenha!

    https://sobrelivroseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, sua resenha me deixou empolgada para ler esse livro. Parece uma história bem triste e certamente vai me emocionar. "Ele era o trovão e eu, a nuvem escura". já estou imaginando a tempestade!
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cidália,
      uma senhora tempestade viu.
      Beijos

      Excluir
  6. Oiee ^^
    Eu ainda não li este livro, mas tenho visto opiniões bem divergentes em relação à história. Uns amaram, outros odiaram, e eu fico perdida no meio disso tudo...haha' arrisco ou não?
    Particularmente, eu AMO personagens sofridos, eles me parecem mais reais, sabe? Principalmente quando os dois são ferrados por algum passado trágico e precisam lidar com tudo apoiando-se um no outro. Enfim.... Fico feliz em saber que você gostou tanto do livro :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dryh,
      Os dois têm uma carga emocional muito pesada e vão literalmente usar um ao outro para tentar sobreviver. É um bom livro e acho que vale a pena a leitura.
      beijos.

      Excluir
  7. Sempre amo livros que dividem pontos de vistas <3333 adorei sua resenha e mal posso esperar para ler essa série também, porque sinceramente, amei a sinopse e a premissa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lilian,
      Também adoro livros que fazer isso.
      Beijinhos.

      Excluir
  8. oe,i que bom que esse livro te conquistou e que você gostou da leitura. Adorei saber que os capítulos foram escritos de formas alternadas, isso é sempre lindo para conhecermos os pontos de vista de todos os personagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tamara,
      adoro livros que fazem isso. Nos dá um ponto de vista alternativo sobre as mesmas coisas.
      Beijos

      Excluir
  9. Oi
    Eu tenho o livro, tenho vontade tremenda de ler o livro, mas sempre que termino um e vou puxar ele para ler ou chega algum da parceria, ou outro atrasado ou clue de leitura...enfim, ainda não consegui ler, mesmo ele estando no topo da lista! Preciso ler! Urgente, eu sei!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Esse livro li em tempo recorde. Gostei muito da construção dos personagens e da maneira como os dois acabaram se conhecendo. Fico imaginando se um dia essa obra vai parar nas telas do cinema, seria maior barato. Não vejo a hora de lançar os outros dois volumes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafael,
      Adoraria ver o Tristan na telona.
      Abraços.

      Excluir
  11. Oie!
    Eu já li esse livro e adorei o romance, assim como toda a delicadeza do drama apresentado. Um dos melhores livro que li em 2016, e não vejo os próximos livros da autora. Com certeza vou adorar cada uma das histórias e suspirar e chorar em cada uma delas.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla,
      Estaremos juntas suspirando pelos próximos.
      Beijos.

      Excluir
  12. OOi!
    Estou loucaaa para ler esse livro, amo a premissa dele, parece ser maravilhoso. E esse Tristan??? só vejo bons comentários de todo mundo amando ele, espero que aconteça o mesmo comigo. kkkkk. Esse ta na minha lista de leitura, acho que irei ler no proximo mês. <3 ,3

    ResponderExcluir
  13. Oi!!
    Eu só leio comentários positivos sobre esse livro, a colaboradora do blog leu e gostou muito da leitura, a cada resenha que leio fico com mais vontade de conhecer Tristan.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  14. OIE
    Li o livro recentemente e infelizmente não foi tão bom quanto eu esperava, gostei do enredo mas alguns pontos me deixaram bem incomodada com os protagonistas

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá, amo a brittany, ela sempre me faz chorar, e a escrita dela passa uma emoção imensa, estou doida para começar essa série pois não paro de ver as pessoas falando maravilhas dela

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!