Favoritos de 2014 (em construção)

terça-feira, 26 de abril de 2016

Distância de Resgate, de Samanta Schweblin

"Sempre penso no pior. Agora mesmo estou calculando quanto demoraria para sair correndo do carro e chegar até Nina, se ela corresse de repente para a piscina e se atirasse. A isso dou o nome de 'distância de resgate', que é como chamo a distância variável que me separa de minha filha, e passo a metade do dia fazendo esse cálculo, embora sempre arrisque mais do que deveria."

Skoob || 144 páginas || Editora Record
Sinopse: No campo, uma família sofre os efeitos de uma contaminação por pesticidas. Crianças trocam de corpos, passam a coexistir num mesmo corpo. Neste romance de estreia, a argentina Samanta Schweblin parte desta fatalidade para refletir sobre algumas perguntas: Existe por acaso algum apocalipse que não seja pessoal? Qual é o ponto exato em que, sem saber, damos o passo em falso que acaba nos condenando? Considerada por Mario Vargas Llosa como uma das vozes mais promissoras da literatura contemporânea em língua espanhola, Schweblin arquiteta uma narrativa hipnótica, urgente, perturbadora e fascinante.



Amanda e Nina, sua filha de 4 anos, vão passar alguns dias em uma casa de campo, num lugar distante e acolhedor. Logo nos primeiros dias conhecem Carla, vizinha simpática e prestativa com quem Amanda conversa. Em uma dessas conversas Carla vai contar sobre seu filho, David, e o que aconteceu ao menino no passado que, de tão grave, a impossibilita de sentir qualquer coisa por ele. David deixou de ser seu filho há muito tempo. 
Em uma viagem vertiginosa ao passado, Carla conta que, quando o garoto tinha apenas alguns anos de vida, ele contraiu uma doença da terra, algo como um verme desconhecido e perigoso que o consumiu de dentro para fora em pouco tempo. Então teve que fazer uma escolha. Agora o corpo de seu filho estava ali, vivo, mas não abrigava mais a alma de David. 

Escutando aquele relato angustiante, Amanda sente o fio que a liga a sua filha se tensionar. A distância de resgate; que é como mede a distância que a separa de sua filha para um possível resgate, caso algo aconteça.
Agora, em uma sala da emergência do pronto-socorro e à beira da morte, Amanda é encorajada por David, que lhe faz companhia naquele quarto escuro, a contar tudo o que aconteceu até ali. Do momento em que conheceu a mãe dele até o momento exato em que nascem os vermes. O momento em que tudo mudou. 

"Sobre os vermes. A gente precisa ser paciente e esperar. E enquanto espera precisa encontrar o ponto exato onde nascem os vermes. (...) Porque é importante, é muito importante."

Seriam agrotóxicos, uma epidemia ou uma praga naquele lugar?  E quando as coisas começaram a dar errado para Amanda e sua filha?


Sabe aquele tipo de leitura que te deixa desnorteado? Que, em poucas páginas, te prende de maneira tal que, quando concluímos a leitura, ficamos ainda com a estória dentro de nós por muito tempo? Aquele livro cujos personagens foram tão belamente construídos que acabam por se tornar parte de nossa família, ou de nós mesmos, durante a leitura? Cuja dor sentimos; cujos sentimentos compartilhamos; cujos acontecimentos improváveis nos desequilibram em igual medida?

Distância de Resgate é justamente esse tipo de livro.
Com uma premissa aparentemente fraca e definitivamente confusa e singelas 144 páginas, esse livro é mais do que eu esperava, do que eu imaginava...
Um drama familiar que se desenvolve em um terreno perigoso e infestado de agrotóxicos mortais? Crianças doentes e parasitas de vermes? Mudança de almas para salvar essas mesmas crianças?

Sim, é isso mesmo; e eu sei, é difícil de entender.
Assim que conclui essa leitura (que fiz em pouquíssimo tempo) fiquei bons minutos imaginando como iria resenhá-lo. Como descrever tudo o que senti e tudo o que Samanta Schweblin nos oferece nessa narrativa de tirar o fôlego e apertar o peito. E o mais importante: sem dar spoiler.

Narrado em primeira pessoa por Amanda, que é incentivada por um menino doente chamado David, o livro não tem divisão de capítulos. É tudo um fôlego só, e assim fazemos a leitura.

Samanta apresenta um relacionamento entre mãe e filha bonito de acompanhar. A dedicação de Amanda com Nina é de uma beleza extraordinária; e tudo fica ainda mais interessante quando a mãe nos conta sobre a distância de resgate e como herdou isso de sua vó; achei tudo isso espetacular.
A autora também explora o apocalipse pessoal pelo qual as personagens passam; o caos interno que só se intensifica conforme a tensão na narrativa cresce.

E esse é um livro tenso! Um terror psicológico que me deixou sim com medo em algumas passagens. Claro que não ajudou ter lido em plena madrugada. E sabemos que narrativas assim ficam ainda mais aterrorizantes quando envolvem crianças, concordam?

E o final...
São tantas as teorias sobre esse desfecho! Confesso que não entendi muito bem as últimas páginas do livro, vou ser sincera. O final foi tão inesperado e rápido (e maluco) que pode ter dezenas de interpretações, nenhuma delas fácil ou menos dolorosa.

Agora, se ainda não os convenci a ler, como proceder? Pois confiem nessa leitora que vos escreve com a boca aberta e o coração ainda na mão e deem uma chance a esse livro fenomenal.
E, se já leu, pega na minha mão e vamos conversar sobre ele, pois necessito disso.


*Exemplar cedido em parceria com o Catálogo Literário do Grupo Editorial Record. 

66 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi!
    Não conhecia o livro e, confesso, nem a autora. Pela sinopse realmente não iria me interessar, mas adorei os seus comentários. Gosto muito de terror psicológico e esse parece ser bem interessante. Coloquei na minha lista ;)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha se interessado, Mari! Espero que curta a leitura <3
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, gabi, acho que você me convenceu a ler, nossa, um verme que devora as crianças de dentro para fora? Parece muito instigante e quero muito saber quais os segredos e o que acontece com a filha da amanda. Se falou em terror psicológico já quero ainda mais, indo logo conseguir meu livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Tamara!! Que bom te ter por aqui. Sim! É um livro realmente muito confuso, mas é ótimo e acho que irá adorar.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi gabi... a sinopse é desse livro mesmo? Li e não entendi o tal do pássaros na boca... mas vamos falar de distância de resgate: sem dúvidas, a história chama a atenção e eu com certeza daria chance pro livro.... acho que quando um autor mexe com as questões familiares, coisas malucas e pessoas à beira da morte, sempre há uma boa história a ser desenvolvida. Amo terror psicológico... :O Não conhecia o livro, obrigada por dividir!
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo aviso! Já mudei a sinopse <3
      Espero que leia e curta bastante essa incrível narrativa.
      Beijão

      Excluir
  5. Oi Gabi, eu não conhecia o livro, mas acho que as premissa tem tudo pqrs ser instigante. Voce me convenceu um livro, ainda mais por causa de usa empolgação ao falar sobre ele, e é muito bom ler textos que conseguem repassar todas as sensações durante a leitura, ainda mais por explorar algumas temáticas delicadas. Muito obrigada pela recomendação!
    Beijos, Fer ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer! Fico super feliz em saber que se interessou pela leitura!!! Vou torcer para que goste bastante também.
      Beeeijos ♥

      Excluir
  6. Oi Gabrielly, tudo bem?
    É incrível como existem tantas histórias boas por aí com páginas tão curtas, não é? Isso me deixa triste por um lado, mas se a história vale a pena não vejo problema nenhum em mergulhar fundo no livro.
    Só de você falar que o gênero do livro é terror psicológico já me convenceu. Imagino que não deve ter sido realmente fácil ler durante a noite, mas amo esse gênero literário pois ele me deixa completamente envolvida e viciada na leitura.
    Tenho que admitir que a existência de vermes não me deixa muito convencida, ainda mais pelo fato de eu ser uma pessoa bem medrosa, mas adoro essa ideia de a mãe querer salvar sua filha a qualquer custo. Espero ter a chance de ler esse livro um dia pois adorei a sua resenha!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Os famosos romances curtos estão me ganhando totalmente. Na verdade, alguns são bem profundos sim, porém os autores fazem isso em um número pequeno de páginas, o que é ainda mais interessante, pois conseguem a proeza de envolver e cativar o leitor sem estender muito a narrativa.
      Fico feliz que tenha gostado! ♥
      Beeeijos!

      Excluir
  7. oie flor, tudo bem? Por mais empolgada que você ficou com a leitura, o enredo não me atraiu. Vou deixar para uma próxima dica!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Fiquei muito curiosa com essa premissa e até mesmo aterrorizada, sério! E começo a pensar se a autora não tentou colocar um significado oculto na história sabe? Se esse bicho é realmente algo físico ou mental? Fiquei muito curiosa por essa história e com certeza vou incluir esse livro na minha lista, aliás excelente resenha a sua.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é recheado de significados, Viviane! A autora tem um dom pra essas coisas ahahaha. É como se nada fosse "de graça", sabe?
      Que linda! Fico feliz que tenha gostado ♥
      Beijos!

      Excluir
  9. Oiee ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, e, mesmo tendo visto o quanto você gostou da leitura, o quanto o livro parece ter te impressionado, não me senti fisgada por ele. O primeiro motivo é o número pequeno de páginas *-* eu não consigo me sentir atraídas por obras tão pequenas, sempre me parece que as histórias são corridas demais ou forçadas. Segundo porque não é o tipo de livro que eu quero ler no momento :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Dryh? Pois as narrativas mais curtas estão me chamando cada vez mais atenção! São rápidas, bem estruturadas e bem instigantes. Pelo menos até agora foi só amor ♥
      Beeijos!

      Excluir
  10. Olá Gabrielly,
    Tenso parece ser uma boa palavra para definir esse livro.
    Confesso que, se me falassem agora que preciso ler esse livro, não o faria, pois não me sinto preparada para uma leitura dessa magnitude, entretanto, não posso negar, fiquei muito curiosa com o livro.
    Acho que o único ponto ruim nele é o final, não gosto de finais corridos e malucos rs.
    Dica anota para ler no futuro.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenso é definitivamente A palavra! hahaha
      Que bom que ficou curiosa! É uma leitura incrível. Realmente espero que goste ♥
      Beijos!

      Excluir
  11. Oie!
    Nossa, não sei o que escrever sobre essa resenha. Estou bem curiosa para conhecer mais sobre essa história, e não imagina que o livro seria assim tão intenso. Menina, agora estou querendo saber o que se passa nessas poucas páginas.
    Bjks!
    Blog Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois só lendo o livro, Carla!! hahaha é tão confuso, intenso, e tão maravilhoso, que sinto não ter colocado tudo o que ele me causou na resenha.
      Espero que tenha a oportunidade de ler!
      Beijos! ♥

      Excluir
  12. Oi
    Confesso que achei a sinopse intrigante, mas depois de ler sua resenha, desisti completamente!
    O Livro é intenso, mas falta algo que me prenda.
    De qualquer forma, anotarei a dica para, quem sabe ler no futuro.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. OLá, Gaby!

    Que resenha MARAVILHOSA é essa, MDs? Fiquei apaixonada pela forma como você a escreveu.

    E fiquei com MUITA vontade de ler esse livro e com muito medo também! Hahaha Quero pra ontem, sim ou claro?

    Vou procurar a versão original. Dá um gostinho melhor lê-lo assim. Depois e conto o que achei!

    Beijos e até mais!

    www.dreamsandbooks.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI QUE LINDAAA! MUITO OBRIGADA <333
      Leia mesmo!! E depois vem me dizer o que achou <3 Espero que goste!
      Beeeijos

      Excluir
  14. Ola Gabi lindona confesso que achei meio confuso o livro, senti falta de uma ápice e um tema que prendesse minha atenção, então dessa vez vou deixar a dica passar, mas fico feliz que gostou e curtiu o livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, Gaby!
    Caracas... Adoro estes tipos de livro! Você vira a última página e fica: como assim? e agora? o que foi isso?? Não importa o gênero, se você terminou o livro assim, é pq ele é bom mesmo! Achei a premissa interessante, é um ponto de vista diferente para um thriller. Mas o que me ganhou foi a parte do final inesperado, rápido e MALUCO! XD Já anotei na listinha! bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amoo, Nuccia! Esse livro é incrível. Espero que goste!
      Beijos <3

      Excluir
  16. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste do livro.. Confesso que nao conhecia! :) Bem, o facto de esse final ter sido assim confuso e maluco.. eu nao gosto la muito disso..

    As varias interpretaçoes e tal.. :) Nao sao muito do meu agrado.. Muito menos se assim dolorosas! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo! Eu até gosto de finais malucos... hahaha
      Beijos!!

      Excluir
  17. OI!!

    Eu não conhecia o livro e achei confuso e confesso meio nojento esse negocio de verme. Mas parece que a autora inovou em tudo, no fato de não haver capítulos, no laço de parentesco e nesse cenário que é bem surreal. Embora seja poucas páginas não me vejo lendo, não cativou, mas percebi o quanto o mesmo a influenciou e lhe prendeu. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro bem inovador, sim. Te entendo!
      Beijos

      Excluir
  18. Nossenhora, achei uma história bem confusa e bem interessante. A autora ousou e isso é bem legal, coisa que gosto de aplaudir de pé. Gosto de finais que nos fazem pensar e tentar entender de uma foma melhor. E,sim, histórias tensas com crianças são aterrorizantes! Acho que crianças dão belas criaturas para histórias de terror, eu tenho medo delas hahah

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem confusa sim, mas maravilhosa! E realmente ousa bastante. Crianças são beeem assustadoras em filmes e livros nesse estilo kkk.
      Beijos!

      Excluir
  19. Olá!
    É realmente uma premissa muito confusa, eu particularmente não entendi quase nada, mas pelas suas críticas já fiquei com vontade de ler. Amo livros que mesmo após a leitura nos deixam pensando sobre a história

    Beijos
    ummundochamadolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se sentiu curiosa pela leitura! Espero que leia e goste bastante <3
      Beijos

      Excluir
  20. Livros que prendem... Me convenceu! kkk Embora seja um pouco confusa, me deixou interessada. Não conhecia o livro e nunca li nada da autora, mas ousadia é sempre bom para sair daquele universo pré construído que muitas vezes nos deparamos...

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora criou toda uma ambientação e foi bastante ousada, e adorei cada coisinha no livro! Realmente, é sempre bom nos depararmos com obras mais originais <3
      BEIJOS!

      Excluir
  21. Oie
    parece ser muito legal a leitura, nunca ouvi falar do livro, é bem diferente do que curto mas acho que arriscaria sim depois da sua resenha, legal a dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá, adorei a dica e sua resenha...não conhecia a obra e fiquei super interessada. Adoro quando a leitura agrada, quando o livro te prende, você nem percebe e de repente ele acaba.

    Abraços

    ResponderExcluir
  23. genteeee
    que livro que tem uma premissa simplesmente top, maravilhosa, incrível.
    Eu realmente amei e quero o livro logo. Não conhecia a autora e nem tinha ouvido falar no livro até agora. A premissa é realmente muito curiosa, nunca li nada nem mesmo parecido. Aposto que a leitura também vai me prender assim como aconteceu com você, acho que não tem coisa mais legal do que personagens tão bem construidos ao ponto de querermos protegê-los como membros na nossa propria familia.
    Eu amei sua resenha, obrigada pela dica maravilhosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhoso, né?!
      Espero de verdade que você leia e goste bastante também!!
      Fico muuuito feliz que tenha gostado!! <3
      Beijão

      Excluir
  24. Oi!
    Fiquei intrigada com esse livro e curiosa para saber um pouco mais e já fui abrir o goodreads e me deparei com vários comentários e resenhas tão positivas quanto a que vc fez e estou pensando em ler essa obra. Fiquei curiosa para saber mais sobre esses agrotóxicos e vermes, rs, parece ser um livro bem que foge do convencional e esse foi um dos fatores que mais me interessou.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da premissa. Se ler o livro, me conta o que achou :D
      Beijos

      Excluir
  25. Sabe que eu fiquei um pouco confusa e nem um pouco empolgada com a sinopse.... se fosse só por ela, o livro não teria nem um minuto da minha atenção.
    Mas... sua resenha me deixou curiosa e com a sensação de que é um daqueles livros que merecem ser lidos. Entrou para a minha lista e eu espero ser surpreendida e gostar tanto quanto você.
    Beijinhos,
    Lica
    http://amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, que bom que consegui te deixar curiosa com o enredo. Espero mesmo que leia e curta bastante essa narrativa <3
      Beijos!

      Excluir
  26. Eu já achei o contrário. A premissa para mim foi muito forte e despertou demais minha curiosidade. Talvez seja porque esse tipo de livro me agrade muito! Vou marcar no skoob e espero gostar da leitura :)
    bjs, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste bastante da leitura, Sofia!
      Beijos

      Excluir
  27. Olá![
    Se fosse pela capa eu confesso que não compraria. Mas, resenhas como a sua sempre vem pra salvar uma obra.
    Achei muito interessante todo esse mistério, teorias e as pegadas que nos confunde. Fiquei curiosa. Adoro livros assim. Portanto, está na minha lista de desejados.
    Amei a resenha.
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que amor ler isso! Fico feliz que tenha gostado da resenha! Espero que curta a leitura!
      BEIJOS

      Excluir
  28. Oi Gabi, sua linda tudo bem?
    Fiquei nervosa quando disse que ele estava no quarto com ela, pedindo para que ela explicasse tudo o que aconteceu. Onde será que está a filha dela? O que aconteceu para ela estar quase morrendo? Eu não conhecia esse livro, mas depois da sua resenha eu preciso ler!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Cila, tudo ótimo e com você?
      Ahh, fico feliz que tenha gostado!!! Espero meeesmo que leia essa obra e curta bastante <3
      Beijos!!

      Excluir
  29. Gente, que livro arrasador e que resenha digna de palmas, de pé! Eu gostei Muito do enredo, inovador, crítico, visceral, inteligente... essa capa magnífica. Tudo que me faz comprar um livro. Parabéns pela excelência na escolha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian! Seu comentário me fez abrir o maior sorriso! Obrigada <3

      Excluir
  30. Oi Gabi, tudo bem?
    Esse livro não me empolgou muito, faltou alguma coisa que me atraisse, que desse vontade de ler. A temática não faz muito meu estilo.
    Dessa vez deixo a dica passar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, Italo! Mas não descarta a leitura não! Procura outras opiniões, quem sabe você não se atrai por algum ponto do livro!

      Beijos

      Excluir
  31. Olá!

    Não conhecia esse livro, ele tem uma trama bem interessante. Mas faltou algo... Não sei dizer o que, mas sinto que não o leria. Por isso, passarei esse.

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena :/ Mas procura outras opiniões sobre o livro, quem sabe você se agrada da leitura em outro momento...

      Beijos!

      Excluir
  32. Hello! Tudo bem?
    Não conhecia o livro Distância de Resgate, de Samanta Schweblin e até fiquei bem curiosa ao ler a premissa.
    Achei interessante o modo como aprensentou o livro.
    Me deixou bem curiosa e tb fico inventando varias teorias ao ler hehe.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee! Tudo sim, e com você?

      Hahaha, te entendo. Espero que tenha a oportunidade de ler e goste da experiência :D
      Beijos!

      Excluir
  33. Oi *--*

    Adorei a capa desse livro!! Acho que compraria só pela capa. A premissa me pareceu bastante intrigante e fiquei curiosa quanto ao desenrolar da estória. Acho bem legal isso de ter uma estória fantastica em poucas páginas e ao mesmo tempo da uma pena porque quando termina queremos mais.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Olá,
    Se já achei tensa sua resenha imagina o livro?
    Terror psicológico é o que mais me amedronta também, tem alguns livros que te pegam de jeito e você fica pensando naquilo por dias e dias.
    Acho fantástico autores que conseguem escrever sobre o assunto em tão poucas páginas, parece um ótimo livro.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  35. Oi Gaby, tudo bem? O livro parece muito interessante e eu adoro livros que mexem com o psicológico da gente, de verdade, vou adicionar ele na lista de desejados com certeza!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!