Favoritos de 2014 (em construção)

domingo, 21 de maio de 2017

Em Águas Sombrias, de Paula Hawkins

Autora: Paula Hawkins
Título original: Into the Water
Editora: Record
Ano: 2017
Páginas: 364
Skoob
*Exemplar de cortesia da editora 
Sinopse: Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás. Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos… Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.

Nel Abbott tinha um grande interesse pelo Poço dos Afogamentos, um trecho do rio que banha toda a cidade de Beckford, Inglaterra, famoso por ter sido o local de escolha de muitas mulheres que se suicidaram, pulando de um vertiginoso penhasco para a morte certa. Na verdade, pode-se dizer que seu caso com aquele rio é de verdadeira obsessão, fotografando e escrevendo sobre aquele lugar, aquela água, única testemunha de momentos finais de tantas mulheres, de encrenqueiras.

Seu último projeto é um livro de memórias, e estava escrevendo principalmente sobre histórias de moradoras locais que morreram ali, o que estava causando muito desconforto em algumas pessoas. Mas agora Nel está morta. Encontrada já sem vida naquele que era seu objeto de maior fascínio, tendo o mesmo fim de tantas outras. Mas o que realmente aconteceu naquela noite. Teria ela sucumbido ao desespero, ou teria sido empurrada?


Avisada sobre a morte da irmã, Jules volta a Backford para cuidar da filha de Nel, Lena, sendo a única parente viva e responsável legal pela adolescente. Mas Jules tem seus próprios fantasmas a temer, e Nel é mais um. Se pudesse, ela jamais voltaria àquele lugar, que foi palco para o momento mais traumático da sua vida, que a deixou marcada para sempre.

A relação das duas irmãs era conturbada, e apesar de Nel ligar muitas e muitas vezes para Jules, essa não atendia, e não entendia a insistência, não depois de tudo o que passou, do que a irmã deixou que ela passasse sozinha. Em seus últimos dias, ela continuou ligando, e Jules, como sempre, não atendeu. Agora se pergunta, o que ela queria lhe contar?
"Beckford não é um local de suicídios. Beckford é um local para se livrar de mulheres encrenqueiras."
Esse é mais um mistério que ronda as páginas desse livro, e são muitos. Alguns meses antes da morte de Nel, uma garota se suicidou no rio, Katie, melhor amiga de Lena. Teria essas duas mortes alguma ligação?


É o que vamos descobrir nas 364 páginas que compõem esse livro, que possui vários pontos de vista, alguns em primeira pessoa, outros em terceira. Eu pessoalmente adoro tramas com vários POV's, então não foi algo que me incomodou, mas que acrescentou muito na leitura.

Eu já li o primeiro livro da autora, o best-seller mundial A Garota no Trem, e não gostei da leitura. Mas, como sou fãs de Thrillers (e fico ainda mais empolgada quando são escritos por mulheres), não pensei duas vezes antes de dar uma chance a seu mais novo livro que, mesmo antes do lançamento, já teve os direitos comprados para uma adaptação cinematográfica!
"Há quem diga que essas mulheres deixaram algo de si na água, outros, que a água retém parte do poder de cada uma, pois desde então tem atraído para suas margens as desventuradas, as desesperadas, as infelizes, as perdidas. Elas vêm aqui para nadar com suas irmãs."
Para começar bem do início, preciso citar a dedicatória do livro, que é assim: "Para todas as encrenqueiras". Para todas as garotas impulsivas, fortes, inquietas, que buscam o que querem, que vão até o fim para conseguir. Para todas as Nel e todas as Lenas. Para todas que não se deixam diminuir. A autora faz algumas reflexões bem bacanas sobre isso, o que eu adorei. 


Outra coisa bem bacana é a ambientação do livro, que é realmente sombria. E a descrição das ruas, da floresta e do rio, especialmente as desse último, me causaram arrepios. Quem tem hidrofobia ou algum trauma relacionado a água deve entender o que estou dizendo. Águas escuras, lamacentas, profundas; até mesmo uma foto pode causar desconforto. E sim, fiquei desconfortável, mas gostei de o livro ter mexido tanto comigo. Foi algo que simplesmente não tinha acontecido com o primeiro thriller da autora.

Esse é um livro provocador, que cria situações que mexem tanto com os personagens quanto com os leitores, e quando nos damos conta já estamos submersos; em mentiras, segredos e traições.
"Tão linda, era o que todos diziam sobre a paisagem, só que não a viam de verdade, Nunca abriam a janela e se debruçavam para fora, nunca olhavam para a roda lá embaixo, apodrecendo, nunca viam nada além da luz do sol brincando na superfície da água, nunca enxergavam o que a água era de fato, algo pre-esverdeado e cheio de coisas vivas e mortas."
A única coisa que me incomodou foi o final, e já reparei que a autora gosta de optar pelas saídas mais simples, mais rápidas. Não gosto disso particularmente. Vi algumas pessoas elogiando o desfecho, então é coisa de gosto mesmo.

Tirando isso, eu realmente gostei do livro, muito, e fiquei feliz  em ter dado mais uma chance a autora. Agora, espero que ela não demore muito a publicar livros novos.

Leitura recomendada!

27 comentários :

  1. Oi Gaby!
    Recebi esse livro, que não esperava pra falar a verdade. Eu tinha A Garota no Trem, mas ao invés de ler, sorteei. Já tinha lido muitos comentários não muito positivos da obra que fiquei encucada e perdi a vontade de ler. Mas esse parece que está saindo melhor, ein?! Já estou bastante curiosa! Eu não morro de medo de água, mas sinto um desconforto plausível. É linda, é, mas... é enfim. rs Eu fiquei curiosa pra saber o que aconteceu nesse passado. É um choque, surpreendente? Ou é só ok? hahah
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião esse é MUITO melhor que o primeiro dela. Leia simmm. O final eu achei morno, porque esperava um super BUM, mas é um desfecho decente, e vi que agradou MUITA gente, então o problema deve ser comigo hahahhaha.

      Beijooos

      Excluir
  2. Ola
    Eu adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro, que para mim é muito bem desenvolvido e eu adorei todas as características apresentadas. Finalizei a leitura na semana passada e a autora me surpreendeu novamente. Compreendo bem essa questão da água que você comentou, realmente é desconfortável. Sobre o desfecho, eu achei, de certa forma, satisfatório sim.
    Fiquei apaixonada por essa capa!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee, Fer! Que bom que gostou da leitura! Essa questão da água realmente mexeu comigo! O desfecho realmente foi a parta mais fraca na minha opinião, mas vi outras pessoas elogiando, então é coisa de gosto mesmo.
      A capa é mesmo lindíssima!!

      Beijos

      Excluir
  3. Eu comecei a ler A Garota no Trem e parei, mas pretendo continuar a leitura. Fiquei muito interessada por esse livro também, espero que ele seja tão bom quanto parece. Que bom que você gostou, saber disso me deixa ainda mais curiosa. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste da leitura, Júlia! :D
      Beijos

      Excluir
  4. Olá!eu amei a garota do trem da mesma autora.me prendeu na leitura no início ao fim!
    E me desepcionei com em águas mais sombrias.acbei uma leitura muito arrastada é um final muito simples para o enredo criado!
    Que bom que vc gostou da leitura
    Parabéns pela resenha e pelas fofos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha aí! É um livro que está dividindo opiniões! Gostei sim <3 E muito obrigada!
      Super beijo.

      Excluir
  5. Ao contrário de você, eu li A Garota no Trem e amei. Então minhas expectativas estavam altíssimas em relação a este livro, e por mais que ele não tenha sido o que eu esperava eu amei. Achei extremamente inteligente. E, mais, uma vez, ao contrário de você, não acho que os finais dos livros dela tenham saídas simples. Acho que em ambos ela trouxe algo pertinente e crível, mas realmente vai do gosto mesmo. Agora já estou ansiosa pelo próximo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou tanto da leitura, Tamires! Acho que o problema com os finais dela é meu mesmo, acho super morno. Também quero muito um novo livro dela.
      BEIJOS!

      Excluir
  6. Li esse livro e amei!
    Diferente de você eu gostei do final, só não curti o início que é meio parado, e já comprei A Garota no Trem pra conferir, tava louca pra ler!
    Mas não sabia que os direitos cinematográficos já foram comprados :o Quero filme pra ontem!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também fiquei surpresa quando li que os direitos foram comprados, e quando o livro nem tinha saído ainda! hahaha
      Beijos

      Excluir
  7. Olá adorei a postagem, a resenha e fotos ficaram lindas parabéns pelo trabalho, sobre o conteúdo do livro, quanto mais leio sobre ele menos interesse sinto, eu vi muitos falando que esperavam mais desse livro que ele é meio parado, não sei se vou ter a mesma opinião, ainda quero ler mais confesso que não mais com o entusiasmo de antes.

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?
    Eu li A garota no trem e amei demais a escrita da autora, que apesar de simples foi muito cativante e gostosa.
    Ouvi várias resenhas negativas e outras muito positivas sobre Em águas sombrias.
    Ainda estou em cima do muro sobre comprar ou não comprar, mas acho que vou acabar comprando huahuahuahua
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Já ouvi alguns comentários a respeito do livro, porém, fico bem dívida. Fico feliz que tenha gostado, mas como muitos dizem ser uma leitura parada, acredito que eu não chegaria a finalizar o livro. Tenho vontade de conhecer as obras da autora, mas esse já não me chama mais tanto a atenção :(

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada da autora, mas tanto essa obra quanto A garota no trem estão anotadas aqui para futuramente eu ler. Me interessei por essa obra justamente por ser um triller, amo esse gênero. Adoro me sentir desconfortável em leituras, atraída, sabe amo leituras que mexam com minhas emoções. A cada dia que passa me convenço de que irei gostar deste livro, tomara que eu não esteja errada [rs]

    |amorlivresco.wordpress.com|

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?

    Quero muito ler este livro. Fiquei bem interessada nele depois que vi a capa e li a sinopse. Ainda mais, porque, vejo muitas pessoas falando do outro livro da autora, e isso aumenta minha vontade de ler estes dois livros dela. Espero ler ainda este ano, estou torcendo para isso.

    ResponderExcluir
  12. Não vejo a hora de ler esse livro!! Eu amei "A Garota No Trem", e anseio por ter "Em Águas Sombrias" desde que soube do lançamento! Amo thrillers, e com certeza a Paula Hawkins é uma ótima escritora do gênero. A ambientação sombria só deixa o "ar" do livro ainda mais misterioso algo que adoro. Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que ruim ela ter optado por um final assim. Isso me incomoda muito. Pode até não ser o final que eu torço, mas que seja bem feito né?
    A descrição das coisas parece interessante e eu também adoro quando a autora constrói vários pontos de vista.
    Estou bastante curiosa para ler esse livro :)

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Nossa, adoro ambientações sombrias - principalmente porque, para dar certo, os autores precisam se empenhar bastante haha. Toda vez que olho para a capa desse livro fico com vontade de ler - e cada resenha nova que eu leio me faz querer um pouco mais haha Acho que a sua resenha foi a primeira a falar que a narrativa é provocadora, achei isso muito interessante porque é preciso ter um talento e tanto para lidar com o desenvolvimento de uma história assim né? Ai, vou ter que ler haha Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu estou com esse livro aqui para ler, mas ainda não tive tempo, só que já estou bem animada, pois li ótimos comentários sobre essa obra. A premissa é bem bacana e gostei de saber que há uma ambientação sombria e que é um livro provocador. Enfim, espero ler em breve e gostar também.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Estou para ler esse livro e ainda não consegui encaixá-lo nas minhas listas de leitura. Nem esse, nem o primeiro livro lançado no Brasil dessa autora

    Adorei suas fotos, muito bom trabalho!

    Amo livos com boa descrição, é uma imersão extra! Como não li ainda, não posso opinao o que achei do final assim que souber, aviso!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Não tinha me tocado ainda que era da mesma autora de A Garota no Trem, provavelmente vou ter o mesmo problema que você com relação ao desfecho por achar óbvio demais, mas não vou dizer que nunca vou ler, quem sabe um dia hahahah a parte de ambientação que você mencionou chamou minha atenção, adorei sua resenha!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bom?
    Tenho lido várias resenhas por aí e cada vez mais fico com vontade de ler essa obra. Também adorei a dedicatória e a achei inspiradora *-* Quanto aos variados pontos de vista, também gosto muito disso, por nos dar um panorama diverso da história e achei interessante ela misturar tempos verbais. Nunca li nada assim mas achei interessante.
    Enfim! Sugestão mais que anotada! Espero gostar desse desfecho que segue pelo caminho mais fácil rs Beijos!!

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Estou vendo o sucesso que esse livro está fazendo entre os blogueiros e estou louca para lê-lo, mesmo não tendo lido nada da autora ainda.
    Achei bacana a proposta do livro, pois é um tema que ainda não li em nenhuma outra obra e pelo jeito a autora soube desenvolver muito bem, deixando tudo misterioso até não dar mais rsrsrs
    Uma pena que o final tenha sido um pouco 'fácil' demais

    ResponderExcluir
  20. Oi, esse é um livro que tem atraída bastante comentários e eu estaria mentindo se dissesse que eu não estou curiosa para saber o que aconteceu, afinal tantas mortes e tão próximas me leva a crer que tem algo... Eu nunca li nada da autora, apesar de ter seu primeiro livro comigo. A única coisa que me desanima é que o desfecho tenha sido algo mais fácil, acredito que com tanta história e com tanta coisa para ser explorada isso e ai tem esse encerramento, acredito que poderia ser decepcionante para mim. A resenha está incrível e você soube apontar os melhores pontos para instigar a leitura. Essa é uma obra na minha lista de futuras leituras, espero conseguir realiza-la e lê-la.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  21. Oie...
    A Paula está se mostrando uma diva dos mistérios, não é mesmo?
    Confesso que eu me interessei mais por esse livro do que pelo primeiro que foi um enorme sucesso.
    Adorei a sua resenha, foi a primeira que eu li sobre ele e me conquistou completamente.

    beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!