Favoritos de 2014 (em construção)

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Pasta Senza Vino, de Eduardo Krause | #Euleionacional

Pasta Senza VinoAutor: Eduardo Krause
Editora: Terceiro Selo
Páginas: 288
Ano de lançamento: 2014
Skoob

"A hora de servir é sempre um momento de desapego. É como entregar um filho a um assassino. E ainda assim desejar que o malfeitor aprecie cada momento do sacrifício. E quando o pai é um italiano e a cria é una pasta, o enredo ganha tons de ópera. Afinal, o drama está em nosso sangue."


Antonello é um jovem recepcionista do restaurante Giubbe Rosse, em Florença, na Itália, de onde nunca saiu. Um assumido marpione, ou seja, um mulherengo, ele vive fugindo do trabalho para ficar na praça cortejando mulheres, principalmente as turistas ricas. Suas conquistas são de uma noite, e nunca duram mais que isso.
Até que conhece a jovem brasileira Aline, que está na cidade à passeio com a melhor amiga. Armado das melhores cantadas e pronto para dar o bote, Toni logo tenta jogar seu charme para a morena, porém ela não se entrega fácil. Forte e decidida, Aline toma as iniciativas, deixando o moço sem fala, acostumado que está a ter sempre as rédeas da situação.


Quando enfim ficam juntos, a atração que sentem se mostra maior do que esperavam, um sentimento que aumenta conforme os dias vão passando; e a viagem de volta de Aline se aproxima...

Depois de uma semana entregues à paixão, Aline resolve que voltará dali a um ano, novamente no verão, para que possam aproveitar mais tempo juntos. Cumpriria sua promessa? 

Exatamente um ano depois, o jovem Toni já não tem esperanças da volta de sua morena, mas ela cumpre o prometido e volta para seus braços. Juntos desfrutam de duas semanas regadas de amor, vinho e comidas italianas, tudo isso em um cenário apaixonante: Itália!


Porém o tempo deles juntos novamente acaba, e o destino se põe a atrapalhá-los.

Algum tempo se passa, e o jovem Toni se entrega à melancolia, e à bebida, exatamente como fez seu pai tantos anos antes, agora um alcoólatra de quem o filho se distanciou muito depois da morte de sua mãe. Após o destino mexer mais uns pauzinhos, Antonello parte agora para o Brasil, viagem que empreende para treinar seus dotes culinários em um restaurante e procurar por sua amada Aline nas ruas do Rio de Janeiro. Mas a vida lhe reserva muitas surpresas...

"Pasta senza vino è come un bacio senza amore."  (Massa sem vinho é como um beijo sem amor).

Com maravilhosas descrições culinárias, uma ambientação espetacular e uma narrativa leve e original, Eduardo Krause nos leva a embarcar na Itália e também no Rio de Janeiro dos anos 60, com muitas referências históricas e culturais. Esse enredo deixa o leitor preso do começo ao fim, ansioso para saber o desfecho dessa trama tão bem estruturada. 

Com uma premissa aparentemente simples, não esperava gostar tanto desta obra! Assim que comecei a lê-lo, não consegui mais parar; é impossível fazê-lo. A cada novo capítulo um novo gancho, uma nova revelação ou uma deliciosa surpresa. A escrita do autor é leve, irreverente, tendo ele se utilizado de palavras da língua italiana em diversos momentos; misturando as duas línguas de tal forma que deixa o leitor ainda mais imerso na leitura, e desejando muito conhecer o país. Como não desejar? 

Sobre os personagens, todos foram bem construídos. Quem nos narra essa história é o próprio Antonello, um jovem irresponsável que vai crescendo e amadurecendo durante a narrativa, sem largar nunca do humor afiado e malandragem. É um personagem muito humano, com seus defeitos também, e muitas vezes não concordei com suas atitudes, o que de certa forma me fez gostar ainda mais da leitura; é um personagem tão vivaz que me senti próxima a ele.

Agora vamos falar sobre a falta de consideração do autor com a fome e os desejos alheios. Pois bem. O livro tem muitas - muitas mesmo - cenas onde os personagens hora estão comendo, hora estão cozinhando. E, devido a sua maravilhosa escrita, essas cenas fora tão bem descritas que, podem acreditar, chegava a sentir o cheiro e gosto das massas e molhos preparados; como se estivessem em minha cozinha. E como eu queria! Isso foi ruim? De maneira alguma! Agora só me resta esperar que o autor lance em breve um novo romance, e que eu tenha o prazer de lê-lo. Virei fã!
Sobre a parte gráfica do livro, também tenho só elogios a fazer. A capa é belíssima e isso se repete a cada mudança de ano e ambientação na parte interior. Tudo muito caprichado. Sobre erros de revisão, não encontrei um sequer. 
Livro mais que indicado!

Vino sempre!

30 comentários :

  1. Eu iria ficar terrivelmente irritada em ler os personagens com endo, já que só de ler sinto fome HASUHASAHSUAHUAS.
    Este livro me parece muito bom.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é ótimo, Helana. Vale a pena ler ;)

      Excluir
  2. Oi, Gabrielly! Esse livro é incrível, né?! Eu de cara achei que fosse gostar, mas não imaginei que fosse gostar tanto. Fiquei que nem você, sem conseguir parar.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!! É maravilhoso, né? <3 Ainda apaixonada!
      Beijos

      Excluir
  3. Olá
    Não conhecia o autor.
    Sua resenha está ótima, e quem sabe leio o livro num próximo momento.
    Adoro livros com Itália na trama e comida hehe
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado. Espero que leia o livro e se encante também.
      Bjs!

      Excluir
  4. olá!!!

    não conhecia, mas olha, gostei da premissa!!! além do mais sua resenha está apaixonante!!!!

    dica anotada!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Adorei a premissa do livro, para começar o livro também se passa na Itália *_* depois ele é recheado de comidinhas, eu fiquei bem empolgada para conhecer essa história o//

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Daniele, tudo bem? Que bom que gostou do livro! Espero que se delicie com essa leitura tanto quanto eu!
      Beijos!

      Excluir
  6. Oiii Gabrielly, como vai?
    Eu amei esse livro, preciso dizer que morreria de fome, mas leria comendo (brincadeirinha). Em relação ao tema, realmente me agradou parece ter um grande mistério escondido na história.
    Parabéns pela resenha, dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha pois leia sim, Morgana! Tenho certeza que irá gostar.
      Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  7. Olá,

    Não conhecia a obra e realmente parece ser excelente. Gostei da forma como o romance parece se desenvolver e com certeza é algo que eu leria. Ah e que foto maravilhosa haha.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! É muito bom mesmo!
      Obrigada!

      Excluir
  8. Oie!
    Já vi que não vou poder ler esse livro, ou vou ficar com vontade das comidas descritas ahahah Eu ainda não conhecia essa publicação e achei a história bem interessante. Anotei o título para procurar futuramente, mesmo correndo o risco de passar vontade depois kkkk
    Bjs!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah leia sim o livro, Carla! É maravilhoso!
      Beijos

      Excluir
  9. Olá,
    Não conhecia o livro e nem o autor, mas amei a sua resenha e fiquei bem curiosa para saber como essa história irá terminar. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha a oportunidade de ler, Elay.
      Bjs

      Excluir
  10. Nossa eu não conhecia essa obra mas parece ser interessante. Eu gostei mesmo foi da capa, simples mas algo me atraiu nela. Não sei se leria por agora. Mas irei colocar na lista. Parabéns pelo trabalho. Adorei as fotos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem interessante sim, Karine, foi uma leitura incrível. A capa é mesmo linda!
      Muito obrigada.
      Bjs

      Excluir
  11. Oi!
    Não conhecia e fiquei bem curioso! Ainda mais com essa descrição ótima de cena que faz sentir o cheiro da comida... Quero pra ontem! (Aqueles esfomeados hahah). Parece ser interessante, não sei se me apegaria tanto aos personagens, mas não deixo de me interessar! Ótima resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessou pela obra, Vitor. Espero que goste bastante quando ler.
      Obrigada!
      Bjs

      Excluir
  12. Oi que livro diferente.
    Eu não conhecia a história e me pareceu muito legal.
    Posso dizer que eu ri quando li que o autor nao tem nenhum consideração com quem tem fome! hahahaha
    Demais a sua resenha, a capa parece ser bem delicada e me chamou a atenção.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    To com fome hahahaha já tinha visto várias resenhas desse livro, mas a sua me surpreendeu, não sabia como a história era tão profunda! Quero já garantir o meu!!

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Não conhecia esse livro ainda mas fiquei muito curiosa pela trama, que tem uma premissa simples mas ao mesmo tempo extremamente cativante. Também adorei o título, que é muito sonoro.
    Já anotei a dica para uma leitura futura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. "Agora vamos falar sobre a falta de consideração do autor com a fome e os desejos alheios." hahaha Amei!!!
    Não conhecia o livro, mas achei bem bacana a sua resenha, ela me despertou vontade de ler, mais que a simples sinopse.
    Eu como boa taurina fominha, sei que sofrerei ao ler rsrsrs, mas curti bastante a dica. ;)

    ResponderExcluir
  16. Comecei a ler sua resenha e fiquei pensando que a historia não iria me agradar. Essa coisa de fica uma semana, vai embora, volta depois de um ano, vai embora de novo... Fiquei achando que não era para mim. Mas, o fato de ter uma personagem com o meu nome *-* e de você comentar que chegou a sentir o cheiro das comidas citadas me deixou mais do que curiosa. Afinal, tem que ser uma ótima narrativa para fazer a gente sentir a coisa toda a nossa volta. E por isso, eu daria sim uma chance :)
    Espero ter a oportunidade de ler e de gostar da leitura como você.
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  17. Eu me interessei pelo livro, mesmo não sendo o meu tipo de leitura, eu acho que eu poderia me envolver com a história.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não conhecia o livro e nem o autor, mas a história já me cativou pela sua resenha. Fiquei com pena de Toni, ficar longe do seu amor não deve ser fácil. Será que ele conseguiu achar a sua amada? Assim que tiver oportunidade quero ler o livro e conferir a história na íntegra.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia a obra. Gostei dele fazer essa mistura de exterior e Brasil, e de falar dos anos 60. O vai e vem dos personagens não me cativou tanto, embora realmente, ficar longe da pessoa que ama deve ser algo extremamente sofrido... Gostei da resenha, especialmente a parte da sua revolta no quesito alimentar.rs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!