Favoritos de 2014 (em construção)

domingo, 29 de maio de 2016

As Reputações, de Juan Gabriel Vásquez.

"A reputação estava ali, a boa reputação e também o prestígio: Mallarino os conquistara à força; ele não se aliava a ninguém."

Skoob || 140 páginas || Editora Bertrand Brasil
Sinopse: Javier Mallarino é uma lenda viva, o caricaturista político mais influente do país. Os políticos o temem e o governo lhe presta homenagens. Aos sessenta e cinco anos, depois de quatro décadas de uma carreira brilhante, ele pode dizer que tem o país aos seus pés. Mas tudo isso mudará quando receber a visita inesperada de uma mulher. Após retornar com ela à lembrança de uma noite já remota, Mallarino se verá obrigado a reavaliar toda a sua vida e questionar sua posição neste mundo. No exigente gênero do romance curto, que produziu tantas obras-primas na tradição latino-americana, Vásquez nos presenteia com sua obra mais íntima: uma intensa reflexão sobre a debilidade dos julgamentos públicos e privados, sobre os encontros irreversíveis que alteram para sempre aquilo que acreditamos definitivo em nós mesmos.

"Os grandes caricaturistas não esperam o aplauso de ninguém, nem desenham para consegui-lo: desenham para ferir, para incomodar, para serem insultados. (...) minha unica resposta às queixas e às agressões, foi isto: as caricaturas podem exagerar a realidade, mas não inventá-la. Podem distorcer, mas nunca mentir."

Javier Mallarino é um renomado caricaturista de Bogotá, e suas charges políticas são capazes de fazer arrancar os cabelos o político mas influente, além de manchar ou ruir reputações. Amado por uns, odiado por outros, Mallarino segue sua rotina na casa onde mora há muitos anos, no alto de uma montanha; quase não vai à cidade, e, quando vai, reclama da poluição, dos cheiros e do barulho.

Aos sessenta e cinco anos, com quatro décadas de uma carreira brilhante, ele recebe as devidas honrarias por seu trabalho em um grande evento; e lá conhece uma bela e jovem mulher. 

Samanta Leal aparece em sua vida de uma hora para outra, questionando-o sobre o que aconteceu com ela tantos anos antes na casa da montanha, na noite em que ele recebeu seus amigos para inaugurar a residência. Ela tinha apenas 7 anos quando aquilo aconteceu, e já não lembra de muitas coisas; para ela, é essencial saber.

Ao recordar de tudo o que aconteceu não só naquela noite, mas naquele ano, Mallarino começa a questionar suas atitudes, a falta da mesma, e também a refletir sobre a memória, mentiras e verdades não ditas; sobre lembranças bloqueadas e traumas que deixam marcas para a vida inteira. 

"Todos conheciam o espaço onde sempre estivera sua caricatura: bem no meio da primeira página de opinião, esse lugar mítico aonde vão os colombianos para odiar seus homens públicos ou para saber por que os amam, esse grande divã coletivo de um país longamente enfermo."


Para mim, não tem jeito melhor para descrever esse livro como colocar nesta resenha trechos dele mesmo. Reputações é um romance curto, e suas 140 páginas são, todas, necessárias no enredo. Então, não quero estragar a leitura de vocês com meus resumos enormes.

"Quero me despedir - disse - recordando uma certeza que frequentemente esquecemos: que a vida é o melhor caricaturista. A vida nos lavra nossa própria caricatura. Os senhores têm, nós todos temos, a obrigação de nos fazer a melhor caricatura possível, de camuflar o que não nos agrada e exaltar o que nos agrade mais."

As Reputações, do autor colombiano Juan Gabriel Vásquez  foi uma leitura que fiz aos poucos, degustando cada página e tentando entender cada ponto. Não foi uma leitura das mais fáceis, apesar da escrita do autor ser muito, muito boa.

Além da premissa aparentemente simples, o autor consegue introduzir questões atuais sobre política, imprensa e até machismo. A escrita de Gabriel Vásquez tem uma força, uma ousadia, que consegue levar o leitor realmente a se colocar no lugar do personagem de Mallarino. Personagem esse, aliás, que foi lindamente bem construído.

No decorrer da leitura, algo me incomodava, porém não conseguia apontar o que era. Sabe aquela sensação de que falta alguma coisa? Um clímax, um ponto de tensão que movimentasse a narrativa? Bem, o livro não tem nada disso. É como se adentrássemos a mente do personagem e lêssemos sua vida, seu dia a dia, seus desejos. Tudo com muita naturalidade, misturando o simples, o vazio e o estranho com uma intensidade; uma profundidade desconcertante. Javier Mallarino é um personagem, mas poderia ser eu ou você.
"Veja, estamos vivendo tempos desorientados. Nossos líderes não estão liderando nada, e menos ainda nos contando o que está acontecendo. Aí entro eu. Conto às pessoas o que acontece. O importante na nossa sociedade não é o que acontece, mas quem conta o que acontece. Vamos deixar que somente os políticos nos contem? Seria um suicídio, um suicídio nacional."

Leitura mais que indicada!



*Exemplar cedido em parceria com o Catálogo Literário do Grupo Editorial Record. 

21 comentários :

  1. Oi Gabi, já tinha ouvido falar desse livro, mas essa é a primeira resenha que leio sobre. Confesso que apesar de parecer ter uma boa premissa, não faz muito o meu estilo literário. De qualquer maneira, acho interessante o fato de explorar assuntos importantes como política, machismo e afins.
    Obrigada pela dica!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee, Fer, tudo bem? Espero que dê uma chance ao livro, pois é realmente muito bom.
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu ainda não conhecia o livro mas já me interessei pela leitura só com o que li aqui na sua resenha. Você soube falar da obra de uma maneira que me fez ficar curiosa e eu gosto bastante de livros com essa temática. Gostei de saber que o livro engloba assuntos mais complexos e gostaria muito de conhecer melhor o livro. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que consegui te deixar curiosa com o livro. Espero de verdade que leia e curta bastante :D
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá, tudo bem contigo?
    Eu não conhecia a obra, mas achei bem interessante o protagonista fazer essas charges sobre política, amo esse tipo de crítica, sem dúvidas eu ia gostar o livro só por essa parte, a depois de ler toda a sua resenha vi que devo urgentemente da uma chance a essa obra e comprar ele o quanto antes, rsrs, espero que não demore muito que isso aconteça! Até mais vê
    Bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.

      Não é uma obra muito divulgada, infelizmente.
      Também adoro livros com críticas sociais. Espero que você tenha a chance de ler esse aqui :D
      Beijos

      Excluir
  4. Olá, eu não conhecia o livro mas achei sua premissa fascinante além que sua resenha me deixou intrigada para descobrir o que aconteceu no passado.
    Vou incluir na minha lista de leituras com toda a certeza!
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Espero que leia mesmo :D
      Beeijos

      Excluir
  5. Olá Gabrielly,
    Primeiramente, parabéns pela resenha. A premissa do livro me pareceu interessante, mas não para mim. Uma amiga gosta muito de livros assim.
    Eu faço parte daquele grupo de pessoas que prefere livros com um clímax - coisa que você sentiu falta - e um acontecimento que muda tudo, sabe? Ler sobre a vida de uma pessoa/personagem não é muito minha praia.
    Achei a capa do livro muito bonita e vou indicar para minha amiga.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Bruna! Indica sim, acho que ela irá gostar :D
      Essa capa é bem bonita mesmo!

      Beijos!

      Excluir
  6. Ooi, adorei sua resenha, nem parece que é um livro com tão poucas páginas, pois parece que acontece muitas coisas incríveis na história e que não caberia tudo ,rsrs. Gostei mesmo, e espero que consigo ler o livro.

    Beijos
    www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado :) Espero que leia!
      Beijos!

      Excluir
  7. Olá tudo bem ? Amei a resenha não conhecia nada do autor , mas por ser um livro com poucas paginas parece ser uma leitura rápida e bem agradável, o livro não faz meu gênero, mas é sempre bom dar um pouco de espaço para outros livros só uma coisa que não me agradou muito foi a capa ! beijos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Que bom que gostou ;D É uma leitura agradável, sim. Espero que dê uma chance à obra e curta bastante. Ah, eu echo essa capa tão linda! E tem tudo a ver com a estória... :D
      Beijos!

      Excluir
  8. Oi, Gaby.
    Imaginei que a leitura não seria uma das mais fáceis mesmo, mas fiquei bem curiosa para ler. Adoro o autor.
    Adorei seu blog.
    http://revelandosentimentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero muito ler outros livros dele...
      Que bom que gostou <3 Volta mais vezes!
      Beijos

      Excluir
  9. Antes de mais nada, eu amei essa capa. Eu vi um vídeo esses dias de uma pessoa que faz essas esculturas, eu amei. Eu não conhecia o livro, mas amei o plot e sua opinião sobre ele me deixou extremamente curiosa pela leitura. Eu adoro livros curtos, mas que não rápidos de ler. Esse entrou fácil pra lista de desejos.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É linda demais, né? :D
      Espero que leia, acho que irá adorar!
      Beijos

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?

    A historia parece ser daquelas para refletir, mas ainda não conhecia esse livro, e, confesso que a capa não me chamou atenção para ele. Só que você fala tão bem do livro que dá uma vontade de ler ele - sem mencionar que são apenas 140 paginas hehehe.

    Abraços,
    http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Gostei bastante da sua resenha. Realmente, é complicado ler um livro que não tem uma tensão ou um clímax ou algo a mais que nos faça ficar ansiosos. Mas mesmo assim, a leitura parece ser bem convidativa. Quem sabe eu dê uma oportunidade.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  12. Oi, Gaby!
    Adorei a tua resenha, ela me deixou bem curiosa. Confesso que quando vi esse livro nos lançamentos do Grupo Editorial Record eu não me interessei muito pela leitura, mas agora, depois de ter lido a tua resenha, fiquei com muita vontade de lê-lo.
    Sou obrigada a deixar aqui os meus parabéns a você, pois a sua resenha está muito bem escrita, de verdade, dá até gosto comentar em um post assim. *----*

    Beijos!

    Books and Movies
    wwww.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!