Favoritos de 2014 (em construção)

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Lendo em Inglês - Introdução | Como e por onde começar? || Uma Leitora Voraz


"If you genuinely want something, don’t wait for it — teach yourself to be impatient."
_Gurbaksh Chahal

Olá, leitores! Já faz um tempo que quero trazer esse post aqui pro blog, mas tive meus motivos para adiá-lo, e o principal é que eu queria ler algumas obras antes de falar sobre o assunto. Eu fiz um curso de inglês em 2015 que não deu muito certo; foi basicamente um ano tendo aulas uma vez por semana, 2 horinhas apenas. Aprendi muita coisa por lá, mas nada além do básico, e as aulas focavam bastante no listening, a prática de ouvir as lições em inglês.

Depois desse curso (saí antes de atingir o intermediário), passei alguns meses apenas revisando tudo o que tinha visto até ali, o que não era muito. Então ano passado (2016) eu entrei para a universidade e vi que algumas leituras seriam em inglês e que, surpreendentemente, eu conseguia entender boa parte dos textos e não ficava tão perdida quanto imaginei que ficaria; resolvi então voltar às aulas, mas agora por conta própria e em casa. Não vou preencher esse post com métodos e com minha rotina de estudos, pois cada um tem seu tempo, suas necessidades e suas metas.

Voltando para essas aulas (que mais consistiam em pesquisas e no hábito adquirido de assistir vídeos e séries com áudio original sem legenda), minha leitura melhorou muito, e então resolvi dar um outro passo e pegar um livro, um romance em inglês para ler. Fiquei com muito medo de não entender nada e cair na frustração (logo falarei sobre isso), mas peguei um livro que queria muito ler e enfim iniciei a leitura.

1 - Pegue um livro que realmente lhe interesse.

Acho que uma das dúvidas mais comuns entre os que querem começar a ler em inglês é escolher o primeiro livro, e sei bem como é difícil essa tarefa. São tantos livros, de tantos gêneros diferentes; livros grandes, livros curtos, livros clássicos, contemporâneos. Por onde começar, então?
A dica aqui é bem simples: pegue um livro que você sabe que irá gostar; seja por ser de um gênero que você goste muito ou de um autor favorito. Vale até pegar o seu livro favorito na língua original; por que não? 

No meu caso eu escolhi o livro Peter Darling, do autor americano Austin Chant. Eu tinha acabado de assistir uma resenha sobre o livro e fiquei simplesmente louca para ler, mas não tinha em português. Situação perfeita para me incentivar a pegar o original, e foi o que fiz. Sobre o livro eu irei falar em outro post, mas posso dizer que foi uma experiência realmente única.

2- Já iniciou a leitura e o livro não está fluindo? Não está motivado a continuar? Troque por outro.

É como dizem por aí: a vida é muito curta para perdermos tempo com leituras que não gostamos. O livro não está te prendendo e você sente que está lendo por obrigação? Aqui você tem várias opções, e as ações mais recomendadas neste caso são:
  1. Pause a leitura e vá fazer outra coisa, como assistir uma série, por exemplo. Ler em outra língua, princialmente quando é sua primeira vez fazendo isso, pode ser um pouco estressante pela lentidão, mas isso não é uma regra. O livro pode simplesmente ser ruim, e se esse for o caso você pode optar pela seguinte ação:
  2. Abandone o livro. Abandonar livros não é um pecado, ninguém irá julgá-lo (e não julgue a si mesmo!!!). Abandonar livros faz parte, afinal são tantos, e tem tanta coisa boa esperando por você que o único pecado aqui é perder tempo com algo que não está te satisfazendo, ou te fazendo bem no geral. Abandone sem pena...
  3. E pegue outro livro. Abandonar um livro faz parte, não se estresse com isso ou pense em desistir. Um livro finalmente irá prender você e a única dificuldade que terá será em largá-lo.
Como podem perceber, tudo está ligado ao livro que a gente escolhe. Mas outras coisas estão ligadas aqui, como o tempo que iremos dedicar a essas leituras.


3 - Não se obrigue a ler um livro, não existe nada pior que se sentir obrigado a fazer algo

Conseguiu ler seu primeiro livro em inglês mas não está afim de ler outros no momento? Claro que quanto mais lemos, mais rápido vamos pegando o jeito e nosso vocabulário fica em constante crescimento, mas se tem uma coisa que não rola é ler algo por se sentir obrigado a fazer isso. Tudo bem se você fez algumas metas mas não conseguiu cumprir todas, ou está atrasado nas próprias resoluções. Não há problema algum nisso, acreditem. A leitura de um livro (e aqui foco na leitura por prazer) é um entretenimento, algo para nos distrair, nos transportar para outros mundos, para nos tirar da nossa realidade por algum tempo e nos trazer de volta com uma bagagem maior de conhecimento. Se você está lendo por obrigação, por achar que precisa fazer isso, o melhor é parar um pouco e respirar.


4 - "Tenho medo de passar um ano lendo o mesmo livro ou não entender nada."

Muitas pessoas (e incluo alguns amigos e conhecidos aqui) não começaram a ler em outra língua ainda por medo de não entender nada, ou de ficar procurando palavras no dicionário o tempo todo; ou, ainda, passar um tempo realmente longo lendo um livro só. Bem, não sabemos se iremos conseguir fazer algo até tentar, certo? E é exatamente isso que falo para essas pessoas. Tentem, não é nenhum bicho de sete cabeças abrir um livro e dar uma conferida nele para ver se a escrita é mais fácil, intermediária ou difícil.

Essas são as 4 dicas mais básicas que consegui pensar para compartilhar com vocês hoje, mas ainda tem muita coisa bacana que quero abordar nessas postagens e farei isso logo. No próximo post  da série falarei do uso dos dicionários e do google tradutor durante uma leitura e também sobre aplicativos que podem ajudar, e muito, o leitor iniciante.

Qualquer dúvida ou sugestão, deixem nos comentários que ficarei feliz em responder.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!