Favoritos de 2014 (em construção)

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Ele Não é Isso, de Rodrigo Moreira

Resultado de imagem para ele não é isso rodrigo moreiraAutor: Rodrigo Moreira
Editora: Arwen
Ano: 2016
Páginas: 268
Skoob
*e-book cedido em parceria com o autor
Sinopse: Em pleno marco zero de São Paulo e escondida entre as paredes do edifício Nazareth, uma história, que antes fora de amor, vai se tornar sofrimento, tortura e medo. Em uma noite tranquila, Matias e sua esposa, Felícia, grávida de 6 meses, são atacados por um cão. Para ele, havia sido apenas um susto. Para ela, uma dolorida, mas curável, ferida na perna. No entanto, a ignorante certeza de que tudo acabará bem, desprezando a necessidade de cuidados médicos, causará sérias consequências. O que tal negligência ocasionará às vidas dessa família? Que destino um simples acidente revelará para o mundo? Matias, enclausurado em seu apartamento com seu filho, Júnior, viverá momentos tenebrosos e sombrios que mudarão para sempre a sua história e das pessoas à sua volta. Um pai, um filho e um destino amedrontador.

Neste livro vamos conhecer a história de Matias Castro, um homem marcado por um passado conturbado; seu pai abandonou ele e sua mãe quando Matias era ainda um bebê, e algum tempo depois ele acabou presenciando a morte trágica de sua mãe. Também foi maltratado pela tia e abusado pelo namorado dela; isso tudo acabou por torna-lo um rapaz perturbado.

Quando era jovem, conheceu Felícia, a garota mais linda de seu circulo de amigos; fez de tudo para ficar com ela, e quando conseguiu, ela logo engravidou e ele a abandonou.

Tempos depois, arrependido, foi à procura de Felícia, então eles voltaram a namorar e logo depois foram morar juntos para poder criar o filho. Meses depois, quando eles já estavam se dando bem novamente, Felícia foi atacada por um cachorro que feriu gravemente sua perna; eles não deram muita bola para os avisos de que precisavam ir ao hospital e voltaram para casa.

Dias depois o ferimento piorou e sua mulher acabou falecendo; os médicos então tiveram que realizar um parto de emergência para tentar salvar o filho do casal; viúvo e sozinho, entregou-se à rotina.
“... uma das coisas que se espera de um casamento é envelhecer junto com a pessoa amada. Torna-se injusto se a partida chega cedo demais para um dos dois e sinceramente, a morte não é o melhor parceiro para se relacionar.”
Para cuidar do filho, Junior, agora com 2 anos de idade, ele tinha a ajuda da vizinha, dona Celina, uma professora aposentada, que passou por muita coisa para conseguir realizar seu sonho de ser professora, o maior deles, o preconceito racial.

De repente, seu filho começa a se comportar de forma estranha, suspeita, anormal. A partir de então coisas muito bizarras acontecem.
“Ninguém acreditaria que uma doença mais assustadora do que a aids, tão corrosiva quanto o câncer e absurdamente mortal tal qual a peste negra, poderia surgir. Crença! É esta a fina camada de confiança e fé que nos cerca. Que nos dá a sensação de que estamos a salvo neste mundo e de que nada, absolutamente nada, poderia ser pior do que aquilo que existiu ou ainda existe.”
Sobre minha experiencia de leitura: Quando me deparei com a capa e a sinopse desse livro e soube que se tratava de um terror psicológico, fiquei imediatamente louca para fazer a leitura, já que esse gênero é um dos que eu mais amo ler, e entrei em contato com o Rodrigo para propôr uma parceria, dias atráss ela foi fechada e comecei a leitura o mais rápido que pude.

Infelizmente não me agradei totalmente com essa história. Apesar de o enredo ser bastante instigante e bem construído e os personagens serem bem verdadeiros, não consegui me conectar tanto com a trama e a leitura se tornou arrastada. 

Mas apesar dos pontos que foram negativos para mim, toda a parte psicológica do livro é imensamente rica e muito impressionante. São muitas as cenas de embrulhar o estômago e deixar o coração do leitor a ponto de sair pela boca, ainda mais com os flashbacks que nos levam até a terrível infância do personagem.

Ele Não É Isso, do autor Rodrigo Moreira, é um livro bastante aterrorizante e sangrento que pode e vai agradar muitos leitores. 

Recomendo sim essa leitura, para quem, assim como eu, gosta de livros do gênero, bem escritos e o melhor: de autoria nacional.

42 comentários :

  1. Olá
    Nossa, que capa! Com certeza ela chama a atenção e gostei da premissa e especialmente de poder ler seus comentários. Gosto do gênero então sei que irei adorar.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha interesse na leitura; apesar de não ter me agradado muito com ela, vale muito a pena fazê-la. Beijos Fer

      Excluir
  2. Este é um livro que eu não leria, principalmente por você mencionar que é aterrorizante e sangrento. realmente não é pra mim, mas passarei a dica para os amigos que curtem este estilo.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passe essa dica sim, muita gente vai gostar. Beijos

      Excluir
  3. Olá,
    Adorei a dica pelo simples fato de você citar ser um livro aterrorizante e bastante sangrento.
    Fiquei muito curiosa para saber o que o acidente com o cão irá causar a esposa de Matias e seu filho!
    Parece ter um suspense bem interessante que prende a atenção do leitor e com certeza irei procurar para ler!
    Desconhecia a obra e fico muito feliz por ser nacional e de excelente qualidade!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele!
      Fico feliz que tenha gostado da dica e espero que goste da leitura quando a fizer. Beijos

      Excluir
  4. Oi amore,
    Sei que tenho que parar de julgar pela capa... mais esse provavelmente não leria só de olhar a capa...
    No entanto a história pelo que li em sua resenha parece ser bem interessante... Uma pena ter sido uma leitura arrastada – pra mim já seria pelo fato de ser e-book...
    Amo nacionais... anotei a dica aqui!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Grazi!
      Eu te entendo, mas espero que dê uma chance para para essa leitura algum dia, vai valer a pena. Beijos

      Excluir
  5. A premissa estava me chamando atenção mas eu achei que o autor talvez tenha colocado coisa demais num livro só, muitos temas misturados no mesmo enredo, e essa morte mordida de um cachorro ?achei bem estranha KKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, talvez tenha sido esse o motivo que me fez achar a leitura um pouco arrastada. Beijos

      Excluir
  6. Olá
    Eu comecei a ler esse livro, mas com o eu demoro muito para engatar em leituras de ebooks eu dei uma parada acho que na página 40 e pouco. Também peguei pra ele por gostar muito do gênero e achei bem legal a capa. Espero poder concluir a leitura. A vida Matias foi bem difícil e tudo mais, morte de parentes e pessoa que amamos sempre são difíceis. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manoel!
      Espero que consiga concluir a leitura e que ela te agrade. Beijos

      Excluir
  7. Oi Maria Eduarda! Tudo bem?
    Não conhecia o livro, e pela capa não compraria, pois achei que era algo relacionado a zumbis, lendo a sinopse, não fica muito claro sobre o que o livro trata, mas sua resenha foi esclarecedora e fiquei curiosa em ler! Vou anotar a dica!
    Parabéns pela resenha!
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sophia! Estou bem sim e você? Fico feliz que a resenha tenha te ajudado a esclarecer as dúvidas quanto ao enredo do livro; espero que consiga realizar essa leitura e que goste dela. Beijos

      Excluir
  8. Oiee ^^
    Eu já tinha visto este livro no catálogo da editora, mas, como não gosto muito do gênero sangrento (apesar de ter lido e gostado de uns dois thrillers psicológicos), não me senti atraída pela história. Saber que você não se encantou com a obra também me desanimou um pouco. Mas fico feliz em saber que o autor criou uma história rica e bem trabalhada.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dryh!
      É, esse me decepcionou um pouco, mas a parte principal da história é muito legal. Beijos

      Excluir
  9. Olá Flor,
    Nossa, fiquei intrigada com o livro e me perguntando sobre alguns acontecimentos. É uma pena que a obra não tenha te agradado totalmente.
    Tudo nessa obra despertou minha curiosidade, com exceção das cenas que embrulham o estômago, não gosto muito de cenas assim, mas, se quero ler, preciso arriscar rs.
    Estou me perguntando o que aconteceu com o Junior e como os protagonistas lidam com isso. Dica anotada.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna!
      Fico feliz que tenha gostado da dica e espero que goste da leitura quando tiver a oportunidade de fazê-la. Beijos

      Excluir
  10. GOOOOOSTEI! É a primeira resenha que li sobre esse livro e adorei o enredo. Eu gosto de apelo à tensão psicológica das circunstâncias e, infelizmente, sabemos que famílias em situação de risco acabam mesmo envolvendo uma intergeracionalidade da violência. Ou seja, o protagonista não estava seguro mesmo depois de ter ido morar com a tia. Eu fiquei curiosa para entender o que acontece depois que ele, viúvo, precisa cuidar do filho sozinho. Hmmmmm. Mesmo que você não tenha gostado de alguns elementos, me senti tentada a realizar a leitura.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Francine! Espero que goste da leitura quando tiver a oportunidade de fazê-la. Beijos

      Excluir
  11. Olá,
    Acho que esse livro deve ser interessante! Gostei da resenha, gostei do enredo, gostei da premissa. Eu adoro quando a leitura mexe com o psicológico, e pelo que li aqui, ele faz exatamente isso. Dica mais que anotada! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Heloísa! Fico feliz que tenha gostado da dica e espero que goste quando fizer a leitura. Abraço

      Excluir
  12. Nossa, esse livro parece ser mega interessante!
    Faz tempo que não leio um livro que embrulhe o estômago, e fiquei muito curiosa pra ler este!
    Mas que pena que você não conseguiu se conectar muito com a trama, li dois livros recentemente assim, e é bem chato...
    Mas mesmo assim pretendo ler!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol! Fico feliz que tenha gostado da dica e espero que goste da leitura quando a fizer.

      Excluir
  13. Olá!

    Achei essa capa muito intrigante, e isso atiçou minha curiosidade. Sou louca por livros psicológicos, é tão interessante acompanhar como certos traumas podem interferir ou alterar a personalidade de alguém. O livro parece ser muito bom *---* Já anotei a dica, e espero lê-lo logo.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thayenne!
      Eu também amo livros que mexem com o psicológico tanto dos personagens quanto dos leitores; e esse, apesar de algumas partes arrastadas e até desnessesarias, é um ótimo livro pra quem gosta do estilo. Beijos

      Excluir
  14. Olá!
    Eu adoro um terror psicológico também, mas fiquei um pouco desanima em saber que por a trama não prender a gente, a leitura fica arrastada. Outra coisa, quem é mordido por um cachorro e não vai ao hospital se tratar, achei isso muito irrealista e me incomodou um pouco. Acho que vou deixar a dica de lado por enquanto, talvez mais para a frente eu mude a minha opinião.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina! Te entendo, mas espero que goste da leitura quando tiver a oportunidade de fazê-la. Beijos

      Excluir
  15. olá,flor... ^^
    Então, a premissa me interessou loucamente, a capa tbm ajudou bastante e confesso que estou morrendo de curiosidade pra saber o que tem essa criança hahaha
    não sei se é o que tô pensando, mas se for, vou curtir bastante, pois gosto e vejo pouco em livros, [mas tem uns filmes muito bons sobre...]
    não tô falando o que é pra não tirar a surpresa de alguém que ler meu comentário hahaha e possoestar enganada tbm, mas essa mordida de cachorro me deixou encucada mesmo... hehehe
    anotei a dica, espero ler o quanto antes...
    pena que vc não aproveitou a leitura ao máximo, mas vou arriscar assim mesmo...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria!
      Acho que é bem por aí mesmo hahaha
      Fico feliz que tenha gostado da dica e espero que goste da leitura quando a fizer. Beijos

      Excluir
  16. Oi Maria,
    Quanta desgraça na vida de Matias, não seria de admirar seu comportamento afetado. Tenho curiosidade sobre esse livro, mas não leria nesse momento. De qualquer forma, a dica já está anotada.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tammy! Fico feliz que tenha gostado da dica e espero que goste da leitura quando a fizer. Beijos

      Excluir
  17. Oie...
    Esse livro tem um conteúdo bem forte e dramático! Imagino que se lesse essa obra iria me emocionar muito com Mathias, pois, sua vida é bestante sofrida, né?
    Fiquei curiosa pela leitura e vou adicionar nos desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diane! Sim, esse livro é muito pesado; fico feliz que tenha gostado da dica e espero que goste da leitura quando tiver a oportunidade de fazê-la.

      Excluir
  18. Não leria o livro. Não gosto de terror psicológico, e gosto ainda menos de livros aterrorizantes e sangrentos, tenho horror de cenas que embrulham o estômago. Ou seja, essa leitura não é nem um pouco para mim. Fiquei pensando se a mordida do cachorro na mãe fez o menino virar um lobisomem... rs... Mas a curiosidade nunca me faria encarar uma leitura dessas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que não tem interesse na leitura, Ju. Beijos

      Excluir
  19. Eu não sabia desse livro, mas amo histórias com personagens que sofreram traumas, e tentam vencer o passado, nesse caso o livro tem um tema bem pesado, que o personagem ficou perturbado graças aos acontecimentos em sua vida. O livro parece mexer com o psicológica, mesmo o livro sendo arrastado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esse livro mexe muito com o psicológico do leitor; espero que goste da leitura quando tiver a oportunidade de realizá-la. Beijos

      Excluir
  20. Oi Maria Eduarda!

    O único motivo que me levaria a ler esse livro é o fato de se tratar de um livro nacional. Vou explicar o por que: eu já li vários thrillers psicológicos e definitivamente não é o meu tipo literário. Eu sempre fico perdida e sem saber o que está acontecendo até que chegue o final do livro. Foi assim com "Mentirosos" e "A garota no trem".
    Fiquei com medo dessas coisas estranhas que você falou e com mais medo ainda das cenas de embrulhar o estômago. Enfim, deixarei a dica anotada para, quem sabe, ler num futuro distante?!

    Parabéns pela resenha.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ingrid!
      Eu te entendo perfeitamente; existem muitos gêneros literários que mesmo que a gente queira muito, não consegui gostar; no meu caso são os livros espíritas! Fico feliz que tenha gostado da resenha. Beijos

      Excluir
  21. Que pena Maria! realmente quando não conseguimos nos conectar com o enredo a leitura fica arrastada e difícil. Estava interessada no livro quando comecei a ler a resenha, mas acho que vou dar uma segurada e pesquisar um pouco mais sobre ele.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Dê uma chance para essa leitura sim, apesar de a leitura ser arrastada e ter algumas partes que achei desnecessárias; vale muito a pena fazê-la. Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar!