Favoritos de 2014 (em construção)

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Leituras de Dezembro/15



Olá leitores! Tudo bem?
O ano mal começou e já estou atrasada com os posts! Mas Janeiro para mim é sempre uma correria, então vamos lá relembrar o que li e resenhei durante o mês passado antes que eu esqueça! hehe 


                        Half Bad Bom dia, Sr. Mandela A Mansão Hollow 


Half Bad Nathan, filho de uma bruxa da Luz com o mais poderoso e cruel bruxo das Sombras. O adolescente vive com a avó e os meios-irmãos e é visto como uma aberração por seus pares. O Conselho dos Bruxos da Luz vê nele uma ameaça, que precisa ser domada ou exterminada. Prestes a completar dezessete anos – época em que todos os bruxos passam por uma cerimônia em que seu dom é finalmente revelado bem, como sua denominação como bruxo da Luz ou das Sombras –, agora Nathan terá que correr contra o tempo para achar o pai, que jamais teve oportunidade de conhecer, e salvar a própria pele.

Comprei o livro totalmente no escuro, sem nem mesmo saber sobre o que se tratava a estória. Acabei lendo sem grandes expectativas, porém não gostei muito do livro. A escrita da autora é muito boa, mas o rumo que ela dá para a narrativa e o final foram bem decepcionantes. 

Bom Dia, Sr. Mandela Bom Dia, Sr. Mandela conta a extraordinária história de uma jovem que teve suas crenças, preconceitos e tudo em que sempre acreditou transformados pelo maior homem de seu tempo. A incrível trajetória de uma datilógrafa que, escolhida para se tornar a mais leal e devotada assessora de Nelson Mandela, passou a maior parte de sua vida trabalhando ao lado do homem que ela passaria a chamar de Khulu , ou avô.

Essa leitura veio me acompanhando por alguns meses até enfim ser concluída em Dezembro. Não é um livro ruim, pelo contrário! É um ótimo livro de memórias/biografia. Apenas não estava no momento certo para a leitura, e por isso pretendo reler.

A Mansão Hollow - Um inofensivo convite para almoçar na Mansão Hollow logo se transforma em mais um caso a ser desvendado por Hercule Poirot. A cena do crime parece um tanto artificial - o corpo de um homem agonizando na beira da piscina, sua mulher logo ao lado segurando um revólver, e ainda três testemunhas. Seria na verdade uma encenação, uma brincadeira de mau gosto para provocar o detetive? Infelizmente, para a vítima, não. Indo contra todas as evidências, Poirot não demora a descobrir que a arma que aquela mulher tinha nas mãos não era a mesma que matou seu marido. O que aconteceu, então?


Enfim voltei aos livros de Agatha Christie, dos quais já sentia falta. Essa leitura foi bem interessante! Fiquei em uma relação de amor e ódio com todos os personagens, inclusive com o astuto e misterioso Hercule Poirot!  Ainda assim, bárbaro! 




                         O Salto do Guepardo  O Amor é um Cão dos Diabos O Presente do Meu Grande Amor


O Salto do Guepardo - Tudo no guepardo é projetado para a perseguição. A vítima da vez será Soraia, uma mulher que, perdida na metrópole, enfrentará um homem dentro e fora de sua jaula. Eles possuem laços antigos do passado. Laços fortes e misteriosos. Muitos encontros e desencontros acontecerão, segredos serão revelados e a vida dos dois nunca mais será a mesma. O salto do guepardo é uma narrativa em ritmo alucinante. Seus poucos personagens circulam por ambientes asfixiantes, levando o leitor a descobertas inesperadas durante o enredo.

Que livro intenso! De um fôlego só! São apenas 100 páginas, mas não se enganem, tem uma estória arrebatadora ai dentro! 


O Amor é um Cão dos Diabos - Nesta coletânea que reúne poemas de 1974 a 1977, Bukowski reflete uma série de experiências próprias, objetos, lugares e pessoas (principalmente mulheres) que conheceu e esmiúça um mundo marginal, no qual o amor é regado a bebida e drogas e não obedece a regra alguma.
A poesia de Bukowski que se orgulhava de ter escrito seu primeiro poema aos 35 anos é marcada por um realismo lírico, repleta de informações biográficas, cheia de humor cáustico e desencantado. O melhor poeta da América, na opinião de Jean-Paul Sartre, exercitou uma escrita de temática urbana, mostrando o pior da sociedade americana, utilizando uma linguagem direta, crua.

Esse foi um livro que me acompanhou, dentro da mochila e para todos os cantos. Reúne dezenas de poemas do querido Buk, nosso velho safado. Como era de se esperar, todos com teor melancólico e crus. Buk não era necessariamente conhecido por ter papas na língua, se é que me entendem. 

O Presente do Meu Grande Amor - Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve, presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite, vai se apaixonar pelo livro. Nestas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa se você comemora o Natal, o Ano Novo, o Chanucá ou o solstício de inverno. Casais de formam, famílias se reencontram, seres mágicos surgem e desejos impossíveis se realizam. O pessimismo não tem lugar neste livro, afinal o Natal é época de esperança. 

Que livro bom!! Me arrependi por não ter trazido uma resenha dele pertinho do natal, mas simplesmente não sabia como escreve-la! São 12 contos escritos por autores diferentes que se passam em datas comemorativas em época de natal e ano novo. Todas muito legais, mas um conto melhor que o outro! Fora que foi maravilhoso reencontrar autores que amo tanto como Laini Taylor, Rainbow Rowell e David Levithan! :D


         Esperando por Doggo O Duque e Eu  Montanha da Lua Garota Exemplar

Esperando por Doggo Dan achava que tinha uma vida feliz com Clara, mas, de uma hora para outra, ela desaparece inesperadamente de sua vida, deixando para trás apenas uma carta de despedida e um cachorro. A pequena criatura é incomum e sequer tem um nome definitivo, ele é simplesmente chamado de Doggo. Agora, Dan tem a missão de devolver Doggo, e, ao mesmo tempo, encontrar um novo emprego. A primeira missão parece ser fácil, a segunda, nem tanto. Com o passar dos dias, Dan começa a desfrutar da companhia de Doggo e não tem coragem de abandoná-lo. De forma singela, mas significativa, a presença do pequeno cão ajuda àqueles que estão ao seu redor. Doggo acaba tornando-se muito mais que um amigo de quatro patas, transforma-se em uma verdadeira fonte de inspiração para o trabalho e para a vida de Dan. 


Esse livro acabou me deixando um pouco dividida. Esperava que a narrativa focasse mais no Doggo e acabei me vendo lendo dilemas de um adulto imaturo. Foi sim uma leitura engraçada, por vezes hilária! Mas esperava um pouco mais. 

O Duque e Eu Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.


Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.

Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Depois de quase 3 anos sem ler nada de romance de época, resolvi me aventurar no romance mais famoso de Julia Quinn e caramba, viciei!! Que leitura gostosa! Viciante é a palavra! Agora quero ler tudo dela! 
Sinceramente, não esperava gostar tanto!


Montanha da Lua - Há séculos, uma verdade acompanha cada herdeiro do ducado de Bousquet: A Maldição dos Hallinson’s.


Conta-se que a tragédia os acompanha, levando à morte as esposas em seu primeiro ano de matrimônio. Geração após geração, aprendem sua sina e a regra a seguir para possuir uma união frutífera e longa.Octávio Hallinson Segundo sofre as consequências de não seguir esses ensinamentos. Viúvo, isolou-se da sociedade, fugindo da responsabilidade de casar-se novamente para providenciar um herdeiro para seu título. Um homem marcado pela dor.

Mical Baudelaire Nashgan sempre foi uma mulher decidida, enfrentando as ordens de sua tia e negando-se a seguir o protocolo que obrigava mulheres a procurar maridos apenas por posse de títulos e dinheiro e não por amor.

O posicionamento contraditório aos costumes afastou os candidatos, tornando-a uma das únicas solteironas que sua província conheceu. A mais bela dentre elas.
Uma tragédia a coloca frente aos perigos da floresta aos pés da Montanha da Lua e seu futuro torna-se incerto e assustador.


Sim, outro romance de época, dessa vez um nacional! E gente, gostei também! kkkk Esse definitivamente é um gênero ao qual darei mais chance em 2016! 
Montanha da Lua é um misto de drama familiar, romance e mistério. A autora, Mari Scotti, criou uma narrativa que intercala pontos de vista e prende o leitor do começo ao fim. Super indico. 

Garota Exemplar O livro começa no dia do quinto aniversário de casamento de Nick e Amy Dunne, quando a linda e inteligente esposa de Nick desaparece da casa deles às margens do rio Mississippi. Sinais indicam que se trata de um sequestro violento e Nick rapidamente se torna o principal suspeito. Sob pressão da polícia, da mídia e dos ferozmente amorosos pais de Amy, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamento inapropriado. Ele é evasivo e amargo mas seria um assassino? Ao mesmo tempo, passagens


do diário de Amy revelam um casamento tumultuado mas ela estaria contando toda a história?

Alternando entre os pontos de vista de Nick e Amy, Flynn cria uma aura de dúvidas em que o cenário muda a cada capítulo. À medida que as revelações surgem, fica claro que, se existe alguma verdade nos discursos de Nick e Amy, ela é mais sombria, distorcida e assustadora do que podemos imaginar. Magistralmente bem construído do início ao fim, Garota exemplar é um daqueles livros impossíveis de largar e sobre o qual se quer debater assim que a leitura termina.
Genial!! Apesar de muito descritivo, Garota Exemplar foi um livro que me prendeu do começo ao fim e me fez suspirar, gritar e ter ataques cardíacos com muita frequência.  Até hoje não superei o plot twist do final! 



E essas foram as leituras que fiz em Dezembro! Bastante coisa, se considerarmos que é um mês bem ocupado. 

Espero que tenham gostado! Se já leu ou tem interesse em algum desses títulos, comenta aqui! Vamos conversar :) 

*As sinopses foram copiadas do Skoob

16 comentários :

  1. Oie,

    Quantas leituras. Vou falar um pouco dos que me chamaram atenção e do que eu já li O duque e eu é muito bom não é? Eu Viciei nos livros dessa mulher, já li os 3 primeiros dessa série e o meu favorito é o terceiro do Benedict ❤ Bom dia, Sr Mandela me chamou muita atenção por essa capa belíssima. Montanha da Lua é outro livro que eu quero muito ler e por saber que é um nacional já me deixa muito mais curiosa. Garota exemplar é outro que eu quero muito, mas quando eu comprar ele quero com a capa original, todo esse mistério me instiga ainda mais a leitura dele.


    Bjs
    Mayla
    http://lendocomamay.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Dos livros listados, o único que não me interessou foi Bom Dia, Sr. Mandela, não creio que vá ler esse livro algum dia. Sobre HalfBad, eu gostei tanto desse livro…. que pena que você não tenha gostado. O Duque e Eu, eu já estou querendo ler há algum tempo, já que tenho várias amigas viciadas (pela sua resenha, parece que é bem fácil de se viciar nesse livro). Outro livro da sua lista que não tenho como falar é Garota Exemplar, e ao mesmo tempo não há muito do que se falar, além de resumir em uma única palavra: perfeito. Aproveito para recomendar a leitura dos outros dois livros publicados pela Intrínseca da mesma autora: Lugares Escuros e Objetos cortantes.

    Bjs.

    http://ciadoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ótimas essas suas leituras, eu amei a A Mansão Hollow, adoro essa autora! E todo esse cenário!! Perfeito!
    http://literafeto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. OIiie,

    Dessas leituras só realizei O Duque e Eu da Julia, que simplesmente AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEI Adoro essa série, já li até o quarto, e não vejo a hora que conseguir terminar tudo, romance de época me pegou de jeito. Sabe, nunca li nada da Agatha? Nunca me chamou atenção nada dela. Leu muito livros heim? Torço para que janeiro também você possa ler muitos.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  5. Hey!!!

    alguns livros citados eu ainda não conhecia, mas achei algumas previas interessantes e outras não.
    Tem alguns livros como " Esperando por Doggo", os livros da Agatha Christie e "
    Garota Exemplar" tenho muita vontade de ler e conhecer a escrita, mas ainda não os possuo na minha estante. Então se encontram na listinha de futuras compras. Já " O duque e eu" tenho ele e mais as três continuações seguinte, pretendo comprar os dois livros que faltam e começar a leitura. Vi grandes e luxuosas resenhas sobre os livros e estou louca para lê-los.

    Bjs e Sucesso
    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie, gosto de posts comentando o que já leu, assim amplia-se o leque de possibilidades de leitura, mas, acho que o post fica cansativo quando muito grande, fazendo com que, quem o lê se disperse e não preste tanta atenção a tudo.

    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Gaby, você teve muitas leituras esse mês heim? e por sinal muito boas, eu li apenas Bom dia Sr. Mandela e gostei muito também, foi uma leitura demorada mas no fim compensou. Agora dos demais livros tem muitos que tenho muita vontade de ler e que já está na minha lista!

    beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  8. Ei! Quantos livros livros, quanta leitura bacana! Muitos do que você mencionou eu quero ler.

    ResponderExcluir
  9. Olá, poxa, você leu bastante em dezembro. Muita coisa boa como Aghata <3, Gillian Flynn e Bukowski, todos ótimos!!! Alguns eu não conhecia e vou anotar aqui para pesquisar. Desejo mais ótimas leituras para vocês em 2016. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Gabi,
    Eitaaaaaa :O Tudo isso em Dezembro, foi uma lista insana hahaha
    Desde que vi uma resenha de Bom Dia Sr. Mandela na blogosfera, fiquei doida de amor, talvez eu tenha conhecido por aqui, já nem lembro.
    Agatha Christie maravilhosa, sempre fui muito fã da sagacidade dos livros dela. Sempre me surpreendo no final.
    Esperando por Doggo e Garota Exemplar, pretendo inserir na meta de 2016 e ler, pois estão parados aqui em casa faz tempinho.

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  11. Oii, tudo bem?
    Fez oitimas leituras, eu sou apaixonada pelo Duque e eu, a série inteira é maravilhosa. Quero MUUUITO os livros dessa edição de capa dura da Agatha Christie, são muito lindas.
    Adorei o post.
    Bjs
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Muitas leituras em Dezembro hein? Da sua lista o único que tive o prazer de ler foi Bom dia Sr. Mandela e amei, Garota exemplar esta na pilha junto com Julia Queen, mas pretendo le-los esse ano.
    Parabéns pelas leituras.

    Beijokas

    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir
  13. Quantas leituras boas! Eu estou querendo esse livro do Dogo que o povo está falando super bem ao mesmo tempo que cada dia mais eu quero ler algo da Agatha (sou fã de livros de mistério e ainda não li nenhum dela). Comprei o presente do meu grande amor em dezembro também (logo no final do mês) mas ainda não li. Que vergonha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Gabi!
    Gosto muito de A mansão Hollow, Bom dia sr mandela e o duque e eu. Apesar de serem completamente diferentes, me conquistaram muito. Quantos livros em dezembro, gata. Queria muito conseguir ler isso tudo, mas o tempo é muito curtinho!
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oieee, Gabrielly!!
    Eu vi Half Bad em promoção e pensei em comprar, mas depois fico pensando que foi uma boa não ter comprado. O livro do Mandela é ótimo, uma leitura um pouco lenta, já que são muitos detalhes e memórias, mas é ótimo! Os outros ainda não li, mas você fez ótimas leituras em dezesmbro <3 Leu muitos e bons livors!!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  16. O Presente do Meu Grande Amor é muito amor, não importa a época do ano que eu leio ele já me sinto sendo teletransportada para o inverno (minha estação favorita *o*) e com aquele sentimento que só o Natal pode nos trazer. <3 <3 Leitura maravilhosa!!!!!
    Estou com o livro Esperando Por Doggo aqui na minha estante aguardando para ser lido, como não confiro a sinopse não sei sobre o que é a história, mas lendo o seu comentário me bateu uma esperança que nesse livro sobre cachorro eu não irei chorar. hahahaha :D Só lendo para saber né?

    Beijos e até daqui a pouco! ^^
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!